domingo, janeiro 23, 2022

Auxílio Brasil menor que Bolsa Família vai pagar compensação retroativa

O auxílio Brasil é um dos novos programas sociais foi criado no país, no último mês de novembro. O mesmo veio para substituir o antigo modelo do Bolsa Família, por exigência do presidente da república. Para Jair Bolsonaro, o mesmo já estava antiquado, e também não pagava um valor considerado positivo para a população.

E diversas melhorias, principalmente com relação aos valores das parcelas, foram efetuados. Entretanto, algumas pessoas acabaram sofrendo decréscimos grandes nas transições entre os benefícios. E disso, o Governo Federal declarou que as mesmas deverão receber um valor retroativo para que possam compensar as suas perdas.

Auxílio Brasil menor que Bolsa Família vai pagar compensação retroativa

Auxílio Brasil pagará retroativo em alguns casos

Segundo o comunicado oficial do Governo Federal, a entidade deverá sim pagar um valor retroativo, mas, para apenas alguns beneficiários do auxílio Brasil. E esses com alguns casos bastante específicos. Como por exemplo, aqueles que estão presos no Benefício Compensatório de Transição.

Ou seja, quem teve o valor reduzido, por alguma situação, na hora de transitar do Bolsa Família para o novo modelo atual do projeto. Disso, valores extras devem ser repassados aos mesmos, todos os meses, até que naturalmente cheguem ao valor proposto e que está sendo pago para todos os outros inscritos.

Valores do auxílio Brasil

Vale a pena citar que o Bolsa Família estava pagando uma quantia de R$ 189,00 para todos seus beneficiários. Entretanto, Jair Bolsonaro prometeu aumentar as parcelas do Auxílio Brasil para R$ 400. Porém, o mesmo, até o momento, ainda não foi cumprido pelo Governo Federal.

Até porque, para o primeiro mês, acabou ficando de fora do orçamento da união. E disso, o valor pago foi o de R$ 221,00, para os beneficiários. A expectativa é de que em dezembro ou janeiro o valor que foi prometido já seja instituído, normalmente, pelo governo. Até para acalmar a população.

Programas de incentivo no auxílio Brasil

Além das mudanças nos valores, existem alguns programas de incentivos que também foram desenvolvidos pela entidade federal. E disso, inseridos ao auxílio Brasil. Confira abaixo:

  1. Primeiramente, o benefício primeira infância (R$ 130,00), criado para aqueles que possuam crianças de até 3 anos em suas casas
  2. Posteriormente, o benefício composição familiar (R$ 65,00), somente para grupos familiares que tenham gestantes, ou com pessoas de 3 até 17 anos
  3. Então, o temos benefício de superação da extrema pobreza (R$ 100,00)
  4. Seguindo a lista, o auxílio esporte escolar (R$ 1.000,00), voltado a alunos da rede pública, desde que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros. Tudo para poder incentivar a prática de esportes e exercícios físicos
  5. Disso, temos a bolsa de iniciação científica júnior (R$ 1.000,00). Ela serve para incentivar a competição acadêmica na rede pública. Promovendo assim o maior saber entre os alunos e relacionados da rede
  6. Um auxílio criança cidadão (R$ 300,00), para quem tem filhos de até quatro anos. E que, também, consigam fonte de renda por meio de trabalho em carteira assinada
  7. No auxílio Brasil, temos, por fim, a criação do auxílio inclusão produtiva rural (R$ 200,00). Somente para aqueles que tenham agricultores em seu núcleo familiar
Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile