quinta-feira, setembro 16, 2021

Auxílio Brasil pode ser pago sem reajuste prometido

O auxílio Brasil é um programa social que está chegando em novembro para revolucionar o país. O mesmo deverá substituir o modelo atual do Bolsa Família, segundo o presidente da república, Jair Bolsonaro. E nele, acontecerão diversas mudanças, principalmente meio a quantia que deverá ser paga para os beneficiários.

Na verdade, o projeto foi até mesmo introduzido por meio de uma medida provisória (MP), e agora, precisa ser julgado para ser aprovado em definitivo. Entretanto, o benefício pode ser suspenso antes mesmo de começar a ser pago por parte do Governo Federal. E neste artigo, estaremos falando mais sobre o que acontece.

Valores do auxílio Brasil

Vale a pena destacar que o auxílio Brasil deve pagar uma quantia muito maior do que é paga no Bolsa Família. Atualmente, o valor está na casa dos R$ 189,00. Entretanto, Jair Bolsonaro já estipulou um valor de R$ 300,00, nas parcelas. E na verdade, tenta até mesmo subir este número para a casa dos R$ 400,00.

auxílio brasil
Auxílio Brasil pode ser pago sem reajuste prometido

Isso sem falar também em novos programas de incentivo que também serão introduzidos, que deverão aumentar ainda mais a quantia a serem pagas para os beneficiários. Isso, claro, dependendo do caso de cada um e de suas necessidades.

Auxílio Brasil pode ser suspenso

Um dos principais motivos que o auxílio Brasil pode ser suspenso antes mesmo de começar é justamente o alto valor de pagamento que está sendo prometido para seus beneficiários. Até porque, tais números não estão sendo aprovados porque não respeitam os limites da folha orçamentária da União.

E em disputa com o Congresso Nacional, o Ministério da Cidadania poderá suspender tal reformulação. Até porque, a previsão é de que cerca de 14,7 milhões comecem a fazer parte de tal projeto. Lembre-se que estes começarão a fazer parte de um orçamento de R$ 34,8 bilhões. Entretanto, caso as mensalidades sejam recalculadas, igual prometeu o presidente, tal número subiria para R$ 50 bilhões.

Mais mudanças promovidas no auxílio Brasil

Estas não são as únicas mudanças que devem ser promovidas no auxílio Brasil. Outra coisa a ser considerada é o método de se cadastrar no programa. Atualmente, para participar do Bolsa Família, é preciso ser registrado no Cadastro Único. Esta é uma plataforma oficial do Governo Federal para analisar o perfil de todos os outros interessados em receberem benefícios dele. E além disso, se direcionar até a prefeitura local de seu município. Pois lá é possível efetuar a sua solicitação. Agora, o meio deverá mudar.

Para se cadastrar no auxílio Brasil, o procedimento de utilizar o CadÚnico deverá ser mantido. Entretanto, não será mais necessário se dirigir pessoalmente até a prefeitura de sua cidade. A pandemia do Covid-19 está sendo levada em conta neste momento. Pois um aplicativo está sendo desenvolvido justamente por este motivo. Para evitar aglomerações e o contágio do vírus. E assim, as pessoas interessadas poderão solicitar o programa social por meio do mesmo. Sem a necessidade de saírem de suas respectivas residências. Até mesmo para que possam obter uma resposta com referência suas solicitações. Sejam estas positivas ou até mesmo negativas, no caso.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui