sábado, junho 19, 2021

Auxílio Doença: saiba em que casos desempregados podem receber

O auxílio doença é um dos principais benefícios promovidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Este é um programa social que oferece um salário mínimo para todos aqueles que precisam ser afastados de suas atividades trabalhistas. Isso claro, por conta de uma doença que os impossibilitem de trabalhar.

Basicamente, para poder ser elegível ao mesmo, é necessário que seja um contribuinte da previdência social. O que significa que até mesmo quem está desempregado também pode receber. E neste artigo, estaremos explicando um pouco mais a respeito deste assunto. Principalmente o que o indivíduo que não trabalha precisa fazer.

Desempregados podem receber auxílio doença

Caso você esteja desempregado e preocupado se pode ou não receber o auxílio doença, fique tranquilo. Por ser um benefício do INSS, muitos acreditam que só podem receber aqueles que estão trabalhando com carteira assinada, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT). Pois, desta maneira, poderão contribuir com a previdência social em seus holerites, sendo descontados na hora. Entretanto, isso não a única verdade. Claro que este é um dos caminhos a se seguir. Entretanto, quem também não trabalha, ou que pelo menos é freelance, também tem outra alternativa a se seguir.

Essa no caso é contribuir sendo um segurado facultativo. Mesmo sem exercer uma atividade remunerada, ou atividade que esteja sob registro de carteira. Disso, a pessoa pode contribuir para o INSS exclusivamente para garantir seu direito aos benefícios. Lembrando que neste caso, o período de manutenção da qualidade do segurado é de 7 meses e 15 dias. Isso claro, após o último mês pago para a previdência. Então, é possível sim receber o auxílio doença estando desempregado. Ou até mesmo sendo um trabalhador independente, como é o caso dos microempreendedores individuais, que adotam o sistema de MEI.

Como solicitar seu auxílio doença

Se você deseja solicitar seu auxílio doença, existem alguns canais diferentes para que possa fazer isso. Primeiramente, pode ligar para a central de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A mesma está disponível no número 135. Além disso, também pode acessar o site oficial da entidade, por meio do Meu INSS.

Lembrando que esta alternativa também está disponível para seu aparelho celular, por meio de um aplicativo. Seja para sistema operacional Android ou iOS. E caso queira, também poderá comparecer presencialmente até uma agência do INSS para que possa abrir a sua solicitação. Lembre-se de levar laudos e exames médicos.

Outros benefícios

O auxílio doença não é o único benefício que é oferecido pela entidade do Governo Federal. Na verdade, existem também diversos tipos de aposentadoria. Como por exemplo, o de tempo por contribuição, que é considerado o mais normal, destinado para idosos que contribuíram para a previdência social por muitos anos.

Além desta, há também as aposentadorias por invalidez e por doenças, que pode ser permanente, para quem foi afetado de um modo irreversível, que o impossibilite de trabalhar. Até mesmo pensionatos também são oferecidos pelo INSS. Tudo depende muito do que você precisa, e claro, se você atinge os requisitos exigidos. Para tal, aconselhamos que se consulte com a mesma.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui