quinta-feira, setembro 16, 2021

Auxílio emergencial: Caixa paga 5ª parcela para nascidos em agosto

O auxílio emergencial é um dos principais programas sociais que é pago no Brasil, na atualidade. O mesmo foi criado ainda em 2020, por conta da pandemia do Covid-19. Tudo para poder amparar financeiramente todos aqueles que foram afetados de modo negativo.

Seja por perderem seus empregos, por terem tido jornadas de trabalho modificadas, e até mesmo por terem sido obrigados a fechar seus comércios. Lembrando que o benefício foi prorrogado por mais três meses, e está tendo o pagamento de sua quinta parcela efetuada. Inclusive, o Governo Federal já até mesmo divulgou o calendário oficial de todos os pagamentos.

Calendário do auxílio emergencial

Abaixo separamos para você uma lista oficial com todas as datas referentes ao pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial. Confira:

auxílio emergencial
Auxílio emergencial: Caixa paga 5ª parcela para nascidos em agosto

  1. Primeiramente, para os nascidos em janeiro e fevereiro, o benefício foi pago em 20 e 21 de agosto
  2. Posteriormente, para quem nasceu em março e abril, o pagamento foi em 21 e 22 de agosto
  3. Disso, os nascidos em maio e junho receberam em 24 e 25 de agosto
  4. Já quem nasceu em julho e agosto receberão em 26 e 27 de agosto
  5. Os nascidos em setembro e outubro devem receber em 28 de agosto apenas
  6. E por fim, quem nasceu em novembro e dezembro deverão receber somente em 29 e 31 de agosto

Valor de pagamento do auxílio emergencial

Com relação aos valores que são pagos no auxílio emergencial, estes são diferentes dos R$ 600,00 que foram pagos em 2020. Agora, existem três grupos diferentes de pagamento, para 2021.

O primeiro deles é de R$ 150,00, para aqueles que moram sozinho. Já o segundo, na casa dos R$ 250,00, é para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. E por fim, o de R$ 375,00 é para mulheres consideradas chefes de família.

Auxílio emergencial foi prorrogado

Originalmente, para 2021, o auxílio emergencial era para ter sido pago em apenas quatro parcelas. Estas válidas de abril até julho deste ano. Entretanto, devido ao quadro de vacinações no país estar muito lento, o Governo Federal optou por prorrogar o benefício por mais três meses.

Disso, o pagamento agora irá até o mês de outubro, totalizando sete parcelas. Mas, não deverá ser mais prorrogado do que isso. Lembrando que em 2020 o programa social foi pago por nove meses interruptos, indo de março até o último mês, em dezembro.

Benefício será suspenso

Lembrando que segundo comunicado feito pelo presidente da república, Jair Bolsonaro, o auxílio emergencial deverá ser suspenso até o fim de outubro. Isso quando a última parcela do benefício for paga pelo Governo Federal. Essa medida está sendo feita para que o auxílio Brasil possa ser criado.

No caso, o mesmo vem para substituir o Bolsa Família, logo no mês de novembro. Disso, o governo precisa encontrar verbas públicas suficientes para poder bancar o projeto. E então, o cancelamento do auxílio será feito justamente para que possam utilizar o dinheiro que é utilizado para pagar os beneficiários. Tornando assim mais possível a realização deste novo benefício.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui