quinta-feira, setembro 23, 2021

Auxílio emergencial do Rio permanece sem data para ser pago

O auxílio emergencial do Rio é um novo benefício criado exclusivamente pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. E o objetivo deste é amparar financeiramente todas as famílias cariocas que foram afetadas financeiramente por conta da pandemia do Covid-19.

Entretanto, a liberação do pagamento do programa social ainda está bloqueada, sem uma expectativa de ser distribuída em breve. Até porque, já era para ter começado a ser pago desde abril, o que ainda não aconteceu. Disso, falaremos um pouco mais a respeito deste assunto. Além de claro, citar também como o projeto funcionaria, e quais seriam os valores a serem pagos.

auxílio emergencial do rio

Valores a serem pagos no auxílio emergencial do Rio

O auxílio emergencial do Rio terá um valor de pagamento diferente do programa social que é pago pelo Governo Federal. Na verdade, este também é dividido por alguns grupos diferentes. O primeiro deles é de R$ 200,00, destinado exclusivamente para quem não possui nenhum dependente.

E disso, será acrescido um valor de R$ 50,00 para cada dependente que tiver. Lembrando que o máximo permitido será de apenas dois filhos por beneficiário que tentar se inscrever no projeto. E aqueles que possuem crianças e adolescentes em seus núcleos familiares recebem prioridade na seleção. E por fim, o programa social deveria ser pago mensalmente até o fim do ano.

Quem não poderá participar do auxílio emergencial do Rio

Se você tem desejo em participar do auxílio emergencial do Rio, é bastante simples. Entretanto, existem uma série de critérios de elegibilidades criados pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que precisam ser atendidos. Dito isso, abaixo listamos todos os tabus que não são permitidos para quem quer participar do projeto. E se você tiver alguma destas características, então, já pode ter certeza que não será elegível. Siga:

  1. Primeiramente, é obrigatório que você seja um morador do estado do Rio de Janeiro
  2. Posteriormente, quem já recebe benefícios previdenciários, assistenciais ou trabalhistas ficarão de fora
  3. Pessoas que recebem o benefício do Bolsa Família também não poderão participar. Beneficiários do auxílio emergencial federal também estão automaticamente excluídos
  4. E por fim, presos que estão em regime fechado e menores de 18 anos também não poderão participar. A exceção só é feita para mulheres que são mães adolescentes

Se você não atender estes critérios, poderá participar de seu benefício do governo estadual. Para tal, terá que se cadastrar no Cadastro Único, para terem os seus dados. Disso, acessem o CAGED ou o CNIS, para poder se inscrever.

Outros programas sociais estão sendo criados

Além do auxílio emergencial do Rio, outros programas sociais estão sendo criados. Não só pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, mas como também pelo Governo Federal. Disso, o auxílio emergencial federal está próximo de ser prorrogado até o fim do ano, conforme novos rumores que estão surgindo.

Além disso, uma reforma do Bolsa Família também está prevista, para aumentar a quantia do benefício pago. Isso sem falar em outros que estão sendo pensados para o segundo semestre deste ano. Vale a pena aguardar novos comunicados dos governos.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui