segunda-feira, outubro 25, 2021

Auxílio Emergencial: Liberado pagamento para beneficiários

O auxílio emergencial é um dos principais benefícios pagos no Brasil. Criado ainda em 2020, por conta de pandemia do Covid-19, atende a milhões de brasileiros. Se tornou extremamente popular por dar um bom amparo financeiro para as famílias que foram afetadas financeiramente. Para este ano, entretanto, não haviam muitas expectativas a respeito de uma renovação do programa.

Entretanto, após meses de discussões no Senado e na Câmara dos Deputados, o mesmo retornou para 2021. E disso, já começou, inclusive, a ser pago. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais sobre este programa social, e suas datas de pagamento.

Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

Calendário para abril do auxílio emergencial

Diferentemente do último ano, agora, o auxílio emergencial está sendo pago de acordo com a data de aniversário de cada um. Já na reta final de abril, desta vez o beneficiado é quem nasceu em novembro. Neste caso, a pessoa receberá o valor devido nesta quarta-feira (28 de abril).

Já beneficiários do Bolsa Família, já estão no número final 8 do NIS para que possam receber a primeira parcela. Estes também poderão receber a quantia no mesmo dia que os que nasceram em novembro. Nos próximos dias, serão feitos os pagamentos para quem nasceu em dezembro, além dos NIS terminados em 9 e 0.

Valores do auxílio emergencial

O auxílio emergencial deste ano não será no valor de R$ 600,00, conforme foi no último ano. Agora, na verdade, existirão até três faixas diferentes de pagamento para os beneficiários. A primeira delas é a mais baixa, na casa dos R$ 150,00, destinado apenas para quem mora sozinho.

A segunda é a média de R$ 250,00, para todos aqueles que possuem ao menos um beneficiário em sua residência. E por fim, o valor máximo de R$ 375,00 será destinado somente para mulheres consideradas chefes de família.

Período de pagamento do auxílio emergencial

Para quem está listado como um dos beneficiários do auxílio emergencial, saiba que existe um período para pagamento do mesmo. Este está previsto para apenas quatro parcelas, começando já de abril. E disso, seguirá por maio, junho e julho. Existe a possibilidade de o programa social ser renovado até o fim do ano.

Entretanto, isso não está confirmado oficialmente pelo Governo Federal. Sem falar que, caso a pandemia do Covid-19 permaneça ativa por mais tempo, a possibilidade de isso acontecer é bastante grande. Até porque, a população seguiria necessitada de um amparo financeiro.

Cadastro no benefício

Caso você queira se cadastrar no auxílio emergencial, saiba que isso não é possível. Na verdade, para este ano, nenhum novo registro foi aceito nos sistemas. Isso porque, o Governo Federal designou que o Dataprev analisasse todos os perfis daqueles que se inscreveram ano passado. Até porque, houveram diversos casos de recebimentos fraudulentos.

E para este ano, a expectativa é de que mais ou menos 27 milhões de brasileiros sejam excluídos do programa. Desta maneira, aqueles que realmente precisam, que estão desempregados sem renda fixa, que possuem menos de três salários mínimos de renda, poderiam participar. E apenas beneficiários do Bolsa Família poderão receber dois programas sociais em conjunto.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui