sexta-feira, junho 18, 2021

Auxílio emergencial negado: Dataprev lança novo prazo para contestação

O auxílio emergencial é um dos principais benefícios que é oferecido para a população brasileira. Por meio dele, o Governo Federal pode amparar financeiramente diversas famílias que estão em uma situação financeira complicada. Isso claro, por conta da pandemia do Covi-19, que segue extremamente preocupante.

Entretanto, recentemente, houve relatos de alguns casos que tiveram seu auxílio emergencial negado. Se este é o seu caso, não precisa se preocupar. Até porque, o governo abriu um pequeno prazo para que as pessoas possam começar a contestar seus pedidos. Tudo que precisará fazer é seguir as informações abaixo, que elaboramos para este caso.

auxílio emergencial negado

Data para contestar auxílio emergencial negado

Atualmente, o benefício já está pagando sua segunda parcela, neste mês de maio. E se você teve o seu auxílio emergencial negado, então, ainda dá tempo de contestar o pedido. Até porque, o Governo Federal abriu um prazo especial de dez dias, para tal. Começando a partir desta última terça-feira (18 de maio), as pessoas terão apenas até o dia 28 de maio para entrarem em contato com o Dataprev.

Esta é a entidade oficial do governo, responsável por administrar o perfil de cadastro das pessoas que se inscrevera no programa social. Se perder este prazo, não poderá contestar.

Como contestar seu auxílio emergencial negado

Caso você queira contestar seu auxílio emergencial negado, o procedimento para tal é bastante simples. No caso, primeiramente, o que terá que fazer é acessar o site oficial do Consulta Dataprev, no endereço https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/.

Disso, quando entrar no link, terá que digitar o seu CPF, o seu nome completo, o nome completo de sua mãe, e por fim, sua data de nascimento. Depois de enviar os dados, aparecerá se teve ou não seu pedido do benefício negado. Em caso de ter sido, haverá um botão logo abaixo para contestações. Clique no mesmo e escreva o porquê deve ser reconsiderado.

Leita também: Auxílio emergencial Florianópolis: Saiba quem tem direito a receber

Auxílio emergencial negado e os valores

Para quem não teve seu auxilio emergencial negado, então, já pode se preparar para receber os valores. Mas, afinal, você sabe de quanto será a quantia paga pelo governo? Na verdade, separaram em três grupos de pagamentos diferentes. O primeiro deles, que é destinado apenas para quem mora sozinho, tem o valor de R$ 150,00.

O segundo grupo é feito somente para quem possui pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. Neste caso, o pagamento será de R$ 250,00. Já o último é para mulheres consideradas chefes de família, no valor de R$ 375,00.

Como se inscrever no programa

Para quem ainda não teve o auxílio emergencial negado e que deseja se inscrever no programa social, saiba que isso não é possível. Na verdade, o Governo Federal não abriu novas inscrições para a edição deste ano, do benefício. Isso porque, em 2020, houveram muitos casos de recebimentos fraudulentos por parte da população brasileira.

E assim, para 2021, optaram por analisar todos os cadastros que foram feitos no último ano. E quem não atendesse aos seus critérios estabelecidos já estaria automaticamente eliminado do programa. Como por exemplo, não estar registrado em carteira, não receber mais de três salários mínimos e não participar de nenhum outro programa, com exceção do Bolsa Família.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui