quarta-feira, abril 7, 2021

Auxílio emergencial negado: prazo para contestar vai até 12 de abril

O auxílio emergencial será novamente um dos principais benefícios para os brasileiros, agora em 2021. Isso porque, já aprovado, o mesmo começará a ser pago para a população em abril, nas próximas semanas. Tudo para seguir dando ao povo um bom apoio financeiro meio a pandemia do Covid-19.

Entretanto, segundo as novas regras do Governo Federal, muitos casos e cadastros de 2020 podem ser rejeitados. E neste caso, há um método para que você possa contestar seu pedido do auxílio emergencial negado. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais sobre este assunto. Desde o que fazer, onde, e qual a data limite para tal.

auxílio emergencial negado

Como consultar seu auxílio emergencial negado

Para saber se você teve seu auxílio emergencial negado ou não, é necessário entrar no site do Dataprev. O mesmo é a entidade oficial do Governo Federal para analisar o perfil de todos os candidatos. Com isso dito, basta ir ao consultaauxilio.cidadania.gov.br.

Depois, terá que digitar alguns dados pessoais seu, como por exemplo, o CPF, seu nome completo, o nome completo de sua mãe, e sua data de nascimento. Assim, basta enviar os dados para a plataforma, para ter acesso aos dados. Na página seguinte aparecerá se foi ou não aprovado no programa social.

Veja também: Auxílio emergencial 2021: consultas serão liberadas na sexta-feira

Como contestar seu auxílio emergencial negado

Em caso de ter tido seu auxílio emergencial negado, não se preocupe. Isso não necessariamente significa que é uma decisão definitiva. Até porque, ainda poderá contestar a decisão do Governo Federal. Para tal, retorne à página do Dataprev. Depois de ter revelado a situação de seu benefício, haverá um botão de solicitar contestação, no rodapé da página.

Basta clicar no mesmo, e então, abrirá um campo para que você possa se justificar. Envie sua resposta e aguarde uma nova análise da entidade. Vale a pena lembrar que quem não tinha direito ao programa até dezembro, não poderá se cadastrar agora. E a data limite para contestações vai até 12 de abril.

Auxílio emergencial e seus valores

Para quem não teve o benefício do auxílio emergencial negado, então, poderá seguir para o recebimento do programa social normalmente. No caso, haverá três grupos financeiros diferentes.

O primeiro deles será destinado para quem mora sozinho, com o recebimento de R$ 150,00. O segundo grupo é para quem tem algum dependente em sua residência, na faixa de R$ 250,00. E por fim, o maior pagamento será feito para mulheres chefes de família, no valor de R$ 375,00.

Veja também: Auxílio acidente: saiba como funciona e como solicitar

Duração de pagamento do benefício

Ao contrário de 2020, cujo o auxílio emergencial foi pago por quase todo o ano, isso não deverá acontecer em 2021. Até porque, o Governo Federal já estabeleceu que o programa social será pago em apenas quatro parcelas. Começando de abril, irá ser distribuído também em maio, junho e julho. Ainda não há uma certeza de que o mesmo possa ser prorrogado.

Entretanto, a expectativa é que sim, e até dezembro deste ano. Isso claro, considerando que a pandemia do Covid-19 permaneça ativa no país. E mais do que isso, seguindo afetando diversas famílias brasileiras nesse processo. O que com certeza aumentaria a necessidade do projeto.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui