quinta-feira, setembro 16, 2021

Auxílio emergencial: NIS com final 5 já pode sacar a partir dessa terça

O auxílio emergencial é um dos principais benefícios que são pagos no Brasil, desde o ano passado. Isso porque, o mesmo foi criado ainda em 2020, por conta da pandemia do Covid-19. Tudo para amparar financeiramente todos aqueles que foram afetados. Como por exemplo, pessoas que perderam seus empregos ou tiveram suas jornadas de trabalho modificadas.

Ou até mesmo aqueles que foram forçados a fechar seus negócios. Atualmente, o Governo Federal está realizando o pagamento da quinta parcela do programa social. E agora, até mesmo beneficiários do Bolsa Família também estão com o calendário liberado para receberem tais quantias.

Calendário do auxílio emergencial

O Governo Federal já divulgou o calendário de pagamentos da quinta parcela do auxílio emergencial. Separamos abaixo o mesmo para você. Lembrando que este é apenas para beneficiários do Bolsa Família. Confira:

auxílio emergencial
Auxílio Emergencial: NIS com final 5 já pode sacar a partir dessa terça

  1. Primeiramente, quem tem o NIS terminado em 1, 2 e 3 recebeu em 18, 19 e 20 de agosto
  2. Posteriormente, quem tem o NIS encerrado em 4, 5 e 6 receberá em 23, 24 e 25 de agosto
  3. Disso, quem tem o NIS encerrado em 7, 8 e 9 deverá receber em 26, 27 e 30 de agosto
  4. E por fim, NIS terminado em 0 receberá somente em 31 de agosto

Mudanças no auxílio emergencial

Vale a pena lembrar que o auxílio emergencial passou por diversas mudanças com relação a 2020. A primeira delas é referente ao valor que foi pago no benefício. No ano passado, a parcela para qualquer um estava na casa do R$ 600,00. Entretanto, para 2021, devido aos rombos gerados nos cofres públicos, a quantia abaixou. Agora, existem três valores diferentes. O primeiro é de R$ 150,00, para pessoas que moram sozinhas. Já o segundo, sai na casa dos R$ 250,00, para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. Já o terceiro, de R$ 375,00, é destinado exclusivamente para mulheres consideradas chefes de família.

Além disso, o período de pagamento também foi modificado. No ano passado, o benefício foi pago por 9 meses interruptos. Já em 2021, originalmente, o auxílio emergencial deveria ter sido pago em apenas quatro parcelas. Entretanto, o Governo Federal viu a necessidade de prorrogar o mesmo por mais três meses. Até porque a pandemia do Covid-19 ainda estava longe de acabar, de certo modo. E também porque na época o quadro de vacinação contra o vírus ainda estava muito lento em todo o país.

Benefício tem data para acabar

Vale a pena lembrar que o auxílio emergencial já tem data para ser encerrado. Isso foi, inclusive, repassado pelo presidente da república, Jair Bolsonaro. A expectativa é de que o programa social seja pago em sua última parcela pelo mês de outubro. E disso, deverá sair do ar em novembro.

Tal medida está sendo feita para que o auxílio Brasil possa ser instituído nesta data. Este é um projeto que está vindo para substituir o Bolsa Família, passando por uma grande reforma. Principalmente em seus valores, que devem ser aumentados em mais de 50%. Além de claro, alguns programas de incentivo que também devem ser inseridos.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui