terça-feira, abril 6, 2021

Como saber se tenho direito ao auxílio emergencial pelo CPF?

Meio a pandemia do Covid-19, o Governo Federal criou ainda em 2020 o auxílio emergencial pelo CPF, para ajudar financeiramente a população. Principalmente àqueles que perderam seus empregos, ou foram afetados negativamente, por conta da doença. Para 2021, já está confirmado que o programa social retornará por mais quatro meses. Entretanto, com valores menores.

Disso, o governo também criou um modo que permitirá você consultar seu auxílio emergencial pelo CPF. Pensando assim, separamos neste artigo algumas informações a respeito deste assunto. Desde como você poderá estar consultando o benefício com seu documento, a alguns outros dados sobre o projeto.

auxílio emergencial pelo CPF

Como consultar o auxílio emergencial pelo CPF

Para que a população não precise baixar o aplicativo Caixa TEM em seus aparelhos celulares, o Governo Federal disponibilizou outros dois caminhos para que as pessoas consigam consultar o auxílio emergencial pelo CPF. Estes são por meio do Dataprev. No caso, poderá acessar os dois seguinte links: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e www.consultaauxilio.dataprev.gov.br.

Em ambos, precisará do CPF, nome completo, data de nascimento e o nome da mãe do beneficiário. Com estes dados em mãos, basta digitá-los nos campos em branco, e enviar para a plataforma, para ter os dados acessados. É um procedimento bastante simples.

Como funcionará o auxílio emergencial para 2021

Diferentemente de 2020, o cadastro do Caixa TEM pelo CPF funcionará de maneira totalmente diferente. No último ano, o benefício foi pago para a população por cerca de quase novem esses. Entretanto, para 2021, isso não acontecerá. O período já estipulado pelo Governo Federal, e aprovado tanto no Senado, quanto na Câmara dos Deputados, foi de apenas quatro meses. Já a começar a partir de abril, indo até o mês de julho. Ainda não há nenhuma conversa sobre uma extensão deste período. Mas, pode acontecer, caso a pandemia do Covid-19 perdure por mais tempo em nosso país.

Em termos dos valores a serem distribuídos no auxílio emergencial pelo CPF, também será diferente. No último ano, o valor médio era de R$ 600,00, com mulheres que são chefe de família recebendo o dobro desta quantia, ou seja R$ 1.200,00. Agora, porém, existirão três faixas diferentes para a população. A primeira de R$ 150,00, destinada para quem mora sozinho, a segunda, de R$ 250,00, para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar, e a última de R$ 375,00. Esta também será destinada apenas para as mulheres que são mães e que precisam arcar com todas as contas sozinhas.

Cadastro para o auxílio emergencial

Na verdade, não há como se cadastrar para o auxílio emergencial pelo CPF, e nem por nenhum outro modo. Isso porque, segundo a Caixa Econômica Federal, entidade responsável por administrar financeiramente todos os programas sociais do Governo Federal, os cadastros que foram feitos em 2020 deverão ser reutilizados pela entidade.

Isso porque, a mesma planeja analisar todos os perfis, para descartar recebimentos fraudulentos. E sem falar que para 2021, o projeto será destinado apenas para quem não participa de outros programas do governo. E que se encontra em situação de extrema necessidade de ajuda financeira. O número de beneficiários está previsto para cair de 64 milhões para 40 milhões.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui