quinta-feira, setembro 23, 2021

Auxílio emergencial: saiba quem já pode sacar a segunda parcela

O auxílio emergencial é um dos principais benefícios do país, desde sua criação, ainda em 2020. O mesmo foi elaborado pelo Governo Federal por conta da pandemia do Covid-19. Para 2021, inicialmente, o programa social está previsto para ser pago por apenas quatro meses.

Entretanto, há conversas e rumores a respeito de uma prorrogação deste prazo, até o fim do ano. Mas, não tem nada confirmado. E enquanto isso, podemos afirmar que a segunda parcela do projeto já está disponível para saque, para alguns beneficiários. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais a respeito deste assunto, e das datas oficiais.

auxílio emergencial

Calendário de saque da 2ª parcela do auxílio emergencial

Com relação ao calendário do saque da segunda parcela do auxílio emergencial, ele é diferente do da liberação original, destinada apenas para pagamento de contas. Abaixo, separamos todos estes para você. Siga:

  1. Primeiramente, nascidos em janeiro, fevereiro e março sacam em 31 de maio, 1º e 2 de junho
  2. Posteriormente, quem nasceu em abril, maio e junho, pode sacar em 4, 8 e 9 de junho
  3. Nascidos em julho, agosto e setembro sacam em 10, 11 e 14 de junho
  4. E por fim, quem nasceu em outubro, novembro e dezembro pode sacar em 15, 16 e 17 de junho

Valores do auxílio emergencial

Em relação aos valores do auxílio emergencial que serão pagos para os beneficiários, saiba que eles são diferentes do que foram pagos em 2020. No caso, no último ano, a quantia foi de R$ 600,00, para quase toda a população. Entretanto, para 2021, as quantias diminuíram drasticamente.

Na verdade, são divididos em três grupos. O primeiro destes é de R$ 150,00, para quem mora sozinho. Já o segundo sai na casa dos R$ 250,00, destinado exclusivamente para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. E por fim, R$ 375,00 serão pagos para mulheres chefes de família.

Período de pagamentos do auxílio emergencial

Originalmente, o auxílio emergencial era para ser pago por apenas quatro meses. Começando por abril, iria seguir por maio, junho e julho. Entretanto, recentemente, o Ministério da Economia, junto com o Ministério da Cidadania, fez declarações a respeito de uma prorrogação deste prazo.

Na verdade, isso é bastante possível, principalmente caso a pandemia do Covid-19 permaneça ativa e em estado alarmante em todo nosso país. A expectativa é de que em breve seja anunciado que o benefício será mantido até dezembro.

Cadastros no programa social

Para quem deseja se cadastrar no auxílio emergencial, saiba que isso não é mais possível. Até porque, no último ano, 67 milhões de brasileiros se inscreveram no programa social. E destes, houveram diversos casos de recebimentos fraudulentos do benefício. E assim, para 2021, o Governo Federal se preparou melhor, utilizando o Dataprev para analisar o perfil de todos os cadastrados em 2020.

Com isso, mais de 27 milhões de brasileiros foram excluídos do programa, por não estarem dentro das normas e exigências que foram feitas pelo governo. Isso para garantir que quem realmente estive precisando da quantia pudesse a receber de maneira justa, sem ficar de fora.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui