quinta-feira, dezembro 2, 2021

Auxílio emergencial vai acabar oficialmente; 7ª parcela será última

O auxílio emergencial é um dos principais programas sociais que são pagos no Brasil, desde 2020. O mesmo foi desenvolvido por conta da pandemia do Covid-19, pelo fato de muitas pessoas terem sido afetadas negativamente. Até porque, por conta do vírus, boa parte da população brasileira foi forçada a fechar seus comércios.

Ou então foram demitidos, e até mesmo tiveram salários modificados. E nisso, surgiu o auxílio emergencial, ainda no ano passado. E agora, com a pandemia se desenhando para a reta final, o Governo Federal está confirmando o fim do benefício, depois de muitos rumores sobre o seu futuro.

Governo Federal confirma fim do auxílio emergencial

Após reunião na tarde desta última quarta-feira (20 de outubro), o Governo Federal decretou o fim do auxílio Brasil. O comunicado foi feito pelo Ministro da Cidadania, João Roma, que afirmou ainda que a partir de novembro o novo modelo do Bolsa Família, chamado de auxílio Brasil, passará a ser pago para as famílias cadastradas no modelo atual do projeto.

E melhor do que isso, a partir de agora o benefício também terá um valor acrescido. Esse será de R$ 400,00, sendo muito maior do que os atuais R$ 189,00 que são pagos.

Calendário da última parcela do auxílio emergencial

Na verdade, o Governo Federal até mesmo já está efetuando o pagamento da última parcela do auxílio emergencial. Lembre-se, entretanto, que as datas abaixo são somente para aqueles que não recebem o Bolsa Família. Para beneficiários deste projeto, o calendário é totalmente diferente, principalmente já tendo o saque liberado de modo imediato. Confira:

  1. Primeiramente, todos aqueles que nasceram em janeiro, fevereiro e março devem receber em 20, 21 e 22 e outubro. O saque fica para os dias 1º, 3 e 4 de novembro
  2. Posteriormente, os nascidos em abril, maio e junho receberão apenas em 23 e 26 de outubro. Já o saque será liberado somente para os dias 5, 9 e 10 de novembro
  3. Para aqueles que nasceram em julho, agosto e setembro, o pagamento só será feito em 27, 28 e 29 de outubro. Já o saque está previsto para os dias 11, 12 e 16 de novembro
  4. E por fim, temos os que são nascidos em outubro, novembro e dezembro, que receberão a quantia em suas contas nos dias 30 e 31 de outubro. Já o saque será liberado apenas nos dias 17, 18 e 19 de novembro

Especulações encerradas

Nas últimas semanas, muito se especulou a respeito do auxílio emergencial poder retornar para 2022, sendo prorrogado deste ano. Paulo Guedes, ministro da economia, afirmou que seria possível fazer isso com uma eventual reforma do imposto de renda. Já outros deputados e senadores viam a negação da reforma do Bolsa Família como um cenário possível. Até para pegar os fundos que seriam investidos no mesmo.

Enquanto que o Governo Federal viu até uma possibilidade de utilizar os fundos de guerra para tal. Entretanto, todas essas opções, no fim das contas, caíram. E agora, devemos ter o mês de outubro como o último ativo do pagamento de tal projeto.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui