segunda-feira, novembro 29, 2021

Auxílio emergencial: Veja como antecipar o pagamento pelo Caixa TEM

O auxílio emergencial se tornou um dos, se não o principal benefício do Brasil, desde sua criação, em 2020. O mesmo foi feito meio a pandemia do Covid-19, para amparar financeiramente a população que foi afetada. Seja por terem perdido seus empregos, ou por estarem em uma situação precária.

Existem duas possibilidades de movimentar o programa social. Uma é apenas recebendo o mesmo, e a outra é efetuando o saque. Mas, saiba que em ambos cenários, é preciso seguir calendários diferentes. Geralmente o saque é liberado algumas semanas depois. Entretanto, existe uma pequena brecha que permite a movimentação antes.

auxílio emergencial
Auxílio emergencial: Veja como antecipar o pagamento pelo Caixa TEM

Como sacar o auxílio emergencial antes do prazo?

Originalmente, só é possível efetuar o saque do auxílio emergencial algumas semanas depois de receber o mesmo, pelo Caixa TEM. Entretanto, descobrimos um método no qual poderá fazer a movimentação com antecedência. O aplicativo conta com a função de transferência por PIX, entretanto, não é possível efetuar a movimentação para alguma outra conta sua, antes do tempo.

Disso, tudo que precisará é da conta de algum terceiro, para que possa efetuar a transferência como se fosse um pagamento. E disso, a pessoa repassará a quantia para alguma outra conta sua, de preferência.

Auxílio emergencial foi prorrogado

Originalmente, o auxílio emergencial estava previsto para ser pago somente por quatro parcelas. E estas iriam de abril aos meses de maio, junho e julho. Entretanto, pelo fato de a pandemia do Covid-19 ainda estar alarmante no Brasil, e os casos de vacinações ainda estarem engatinhando, o Governo Federal optou por aumentar o prazo de pagamento.

Agora, o auxílio emergencial será pago até o mês de outubro, que contabiliza mais três meses. Ou seja, de quatro, agora o projeto será repassado para os beneficiários em até sete parcelas diferentes. A ideia é de que o programa social só se encerre quando a população tiver condições de se manter.

Valor do auxílio emergencial

Com relação aos valores do auxílio emergencial, eles também são diferentes do que foram pagos em 2020. Originalmente, o valor do ano passado era de R$ 600,00, fixo. Entretanto, para este ano, o Governo Federal agiu completamente diferente, dividindo a quantia em três grupos.

O primeiro deles, para quem mora sozinho, é de R$ 100,00. Já o segundo, para quem tem ao menos um dependente em seu núcleo familiar, é de R$ 250,00. E por fim, o terceiro grupo é destinado exclusivamente para mulheres consideradas chefes de família. Neste caso, o pagamento será de R$ 375,00.

Novos cadastros não são aceitos

Em 2020, cerca de 67 milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial. Entretanto, o Governo Federal detectou diversos recebimentos fraudulentos. E por isso, em 2021, não permitiu que novos cadastros fossem feitos. Na verdade, o Dataprev, entidade oficial do governo, analisou todos os perfis dos que já haviam se registrado em 2020, e disso, eliminou mais de 27 milhões de beneficiários.

Agora, só poderão participar aqueles que estão desempregados ou são profissionais freelances, que possuem uma renda familiar inferior a três salários mínimos, e que não recebam nenhum outro programa social. Com exceção apenas do Bolsa Família.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui