domingo, janeiro 23, 2022

Auxílio Inclusão paga meio salário mínimo extra para beneficiários do BPC

A pandemia do Covid-19, apesar de estar cada vez mais controlada no Brasil, gerou muitos impactos negativos na sociedade. Principalmente econômicos, até porque, nos últimos dois anos, muitas pessoas perderam seus empregos. Ou então, foram forçadas a fechar seus próprios empreendimentos.

Disso, o Governo Federal tem criado diversos programas sociais, para poder amparar a população e todos aqueles que foram afetados. Um desses é o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que não possui filiação alguma pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Apesar disso, tal entidade ainda está criando o auxílio inclusão, que atingirá todos que recebem tal programa social.

auxílio inclusão
Auxílio inclusão paga meio salário mínimo extra para beneficiários do BPC

O que é o auxílio inclusão

Sendo um benefício completamente novo no país, poucas pessoas na verdade conhecem o auxílio inclusão, e sabem o que ele propõe. O mesmo é um benefício voltado para aqueles que já recebem o BPC, por parte do Governo Federal. Ou seja, ele é voltado para idosos, e principalmente pessoas com deficiência física.

Disso, o projeto social serve como uma medida de incentivo, para todos aqueles que consigam voltar ao mercado de trabalho. Disso, receberão uma pequena quantia do governo, além das parcelas que já são pagas no outro benefício, como já é de costume.

Valores pagos no auxílio inclusão

Vale a pena lembrar que os valores que serão pagos no auxílio inclusão já foram divulgados pelo INSS. No caso, até o mês de junho, o mesmo estava na casa dos R$ 250,00, que correspondia a um quarto de um salário mínimo. E vale a pena informar que tal benefício segue sempre a remuneração base do país. Portanto, tenha como base o valor total de R$ 1.100,00, que é o salário mínimo brasileiro. E disso, nos últimos meses, um novo acordo também foi feito na justiça brasileira, aumentando o valor do novo benefício para meio salário mínimo. Ou seja, R$ 550,00.

Vale a pena lembrar também que o auxílio inclusão começou a ser pago oficialmente pelo Governo Federal ainda no mês de outubro. Tendo como principal objetivo incentivar os beneficiários do projeto a ingressarem no mercado de trabalho. Até porque, só poderão participar aqueles que tiverem conseguido um emprego com carteira assinada, mesmo já tendo ultrapassado os 65 anos de idade. O Instituto Nacional do Seguro Social também estima que o mesmo deverá contemplar um total de 76 mil pessoas. Isso até a data limite de junho de 2022, completando exatamente um ano de programa social criado no país.

Números do BPC

Apesar disso, o INSS também divulgou alguns números curiosos a respeito do BPC. Como por exemplo, mais de 4,7 milhões de brasileiros recebem o benefício diretamente do Governo Federal. E meio a esses dados, o pagamento do benefício costuma gerar uma despesa de aproximadamente R$ 5,2 bilhões aos cofres públicos.

Ou seja, tal valor costuma sair sempre do bolso dos brasileiros, por meio de impostos e até mesmo contribuições à previdência social. Lembrando que os valores do pagamento do auxílio inclusão ainda não estão somados nesses números. O que significa que os gastos devem aumentar ainda mais, de acordo com o número de futuros participantes, vezes o valor do benefício.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui