sábado, junho 19, 2021

Bolsa do Povo: Aprovado benefício de R$500 para paulistas

O Bolsa do Povo é mais um benefício que está sendo criado para a população do país. Entretanto, este é destinado apenas para aqueles que são moradores do Estado de São Paulo. Até porque, a proposta que foi aprovada ainda no final de abril, foi criada pelo governador do estado, João Dória.

Por meio deste, aproximadamente 500 mil beneficiários deverão receber a quantia que estão separando para este projeto. E neste artigo, estaremos falando um pouco melhor a respeito deste assunto. Desde qual será a quantia destinada, e principalmente, quem poderá se inscrever para participar.

bolsa do povo

Como funcionará a Bolsa do Povo

Segundo a proposta de João Dória, o Bolsa do Povo pagaria uma quantia de R$ 500,00 para seus beneficiários. Ao todo, seriam aproximadamente 500 mil pessoas permitidas se inscrever no programa. Disso, o governo do Estado de São Paulo destinou aproximadamente R$ 1 bilhão para viabilizar este projeto, em 2021.

Sendo que desta quantia, R$ 400 milhões serão destinados para o desenvolvimento econômico e educacional da região. Disso, uma melhoria no Centro Paula Souza não está descartada. Além de claro, a criação de novos projetos voltados à educação, e até mesmo reforma em algumas instituições de ensino.

Leia mais: FGTS: Veja quando realizar o saque emergencial para este ano

Quem pode participar do Bolsa do Povo

Apesar de parecer um benefício bastante tentador, o Bolsa do Povo não é destinado para qualquer um. Abaixo, separamos uma lista com todas as exigências que são feitas para quem deseja participar e receber o programa social do governo. Segue os dados:

  1. Primeiramente, é necessário ser residente do estado de São Paulo. Mães e pais de estudantes também podem receber este.
  2. Posteriormente, quem participa do Bolsa Trabalho, em busca de um emprego, também poderá se juntar neste
  3. Além desse, o Bolsa Renda Cidadã, para assistência social, e o Bolsa Aluguel Social, para habitação, também permitem tal participação
  4. O Bolsa Talento Esportivo, que funciona como um incentivo, e o Bolsa Auxílio Via Rápida, para qualificação profissional, também estão permitidos
  5. E por fim, a Ação Jovem e contratação de pais e mães de alunos, para melhorias da educação, também são permitidos

Lembramos a todos aqui que para participar do Bolsa do Povo, é obrigatoriamente necessário que esteja inscrito em pelo menos um destes programas. Segundo João Dória, é uma maneira de premiar todos aquele que estão buscando um futuro melhor, de alguma maneira, por meio de um dos programas acima, que foram desenvolvidos pelo governo estadual.

Mulheres serão preferência no programa

Ainda no texto da proposta que foi apresentada pelo governador do Estado de São Paulo, João Dória, foi reforçada a ideia de que o benefício teria uma preferência de pagamento. Este seria maior direcionado para as mulheres que atinjam todas as condições que listamos no parágrafo acima.

Mesmo que elas não participem diretamente dos programas criados. Mas que ao menos sejam mãe de uma criança que esteja ligada a estes projetos. O programa social aguarda votação em uma sessão extraordinária. Mas, vale a pena lembrar que a mesma ainda será agendada. Portanto, não há uma data concreta e oficial para a aprovação do mesmo.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui