quinta-feira, setembro 16, 2021

Bolsa Família: Saiba como anda projeto que pretende duplicar valor

O Bolsa Família é um dos principais programas sociais pagos no Brasil, desde sua criação, ainda no começo de 2000. O mesmo é responsável por garantir o estado de emergência das famílias que estão em situação de extrema pobreza. Apesar de estarmos vivendo um momento econômico ruim, por conta da pandemia do Covid-19, o benefício deve ser modificado em breve.

Isso porque, o Governo Federal, por meio do presidente da república, Jair Bolsonaro, já mostrou interesse em uma reforma. Esta modificaria não apenas o valor que o projeto paga para os beneficiários, atualmente, mas como também muitas outras coisas.

Bolsonaro quer aumentar valor do Bolsa Família

O presidente da república, Jair Bolsonaro, já veio a público inúmeras vezes para falar sobre o Bolsa Família. No caso, o mesmo deseja que o benefício tenha seu valor aumentado. Até porque, o Governo Federal entende que o valor de R$ 192,00, que é pago atualmente, não é suficiente para garantir a sobrevivência das famílias brasileiras.

bolsa família
Bolsa Família: Saiba como anda projeto que pretende duplicar valor

E, de acordo com o desejo do mesmo, o programa social deveria estar na casa dos R$ 300,00. Isso, claro, de valor médio, sem considerar as novas adições que devem acontecer. Estes referentes a pequenos projetos de incentivo.

Inscrições do Bolsa Família também devem mudar

O valor do Bolsa Família não deverá ser o único ponto a ser modificado na reforma. Na verdade, um dos maiores pontos de reclamações por parte dos brasileiros é no modo de se inscrever para o programa social. Hoje, é necessário se cadastrar na plataforma do Cadastro Único, e então, se dirigir até a prefeitura de seu município.

Isso para efetuar a solicitação. Entretanto, para 2022, o Governo Federal está desenvolvendo uma plataforma digital para que os interessados possam se cadastrar ao benefício de maneira remota. Ou seja, sem a necessidade de deixarem suas residências para tal.

Programas de incentivo no Bolsa Família

O Governo Federal também está estudando criar alguns incentivos para serem relacionados ao Bolsa Família. Como por exemplo:

  1. Primeiramente, um auxílio creche para os país, no valor de R$ 52,00 por criança. Limitado a duas crianças
  2. Posteriormente, um bônus anual no valor de R$ 200,00 para os alunos que forem considerados os melhores, da rede pública
  3. Uma bolsa mensal no valor de R$ 100,00, além de uma anual, na casa do R$ 1.000,00, para estudantes que obtiverem destaque em projetos científicos e técnicos

Lembrando que a ideia do governo aqui é promover mais estudos e desenvolvimento dos jovens em todo o Brasil.

Mais programas sociais

O Bolsa Família não é o único programa social que o Governo Federal tem interesse. Na verdade, já até lançaram o auxílio emergencial – que foi prorrogado por mais três meses – e a antecipação do 13º salário do INSS. Isso sem falar no retorno do Benefício Emergencial (BEm), do PRONAMPE, e da criação do Programa Brasil Mais.

Sendo que estes dois últimos são destinados exclusivamente para empresas. Tudo por conta da pandemia do Covid-19, que tem tornado cada vez mais necessários amparos por meio destes benefícios. A expectativa é de que o Bolsa seja reformado já para 2022.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui