Início Geral Brasil disputa as primeiras medalhas nas Olimpíadas, em Tóquio

Brasil disputa as primeiras medalhas nas Olimpíadas, em Tóquio

0
100
olimpíadas
Brasil disputa as primeiras medalhas nas Olimpíadas, em Tóquio

As Olimpíadas são um dos maiores palcos de desejos de diversos atletas do mundo. Até porque, todos sonham em algum ponto de suas carreiras em representar seus respectivos países. E nesta sexta-feira (23 de julho), tivemos a abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão.

Apesar de que já há dois dias algumas modalidades estão sendo disputadas. Disso, o Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou que algumas medalhas olímpicas já estarão em disputa neste mesmo dia. E o melhor de tudo? É que teremos alguns atletas brasileiros na disputa, com chances reais de conquistarem o ouro. Sem falar que o Brasil ainda busca ultrapassar sua marca histórica em medalhas.

Olimpíadas de 2020 foi adiada para este ano

Originalmente, as Olimpíadas costumam acontecer de quatro em quatro anos. A última edição foi a realizada no Rio de Janeiro, em 2016. Disso, em 2020, os Jogos Olímpicos deveriam acontecer em Tóquio.

olimpíadas
Brasil disputa as primeiras medalhas nas Olimpíadas, em Tóquio

Entretanto, devido a pandemia do Covid-19, que estava bem no auge e ainda no início, as entidades do COI, junto ao imperador do Japão, Naruhito, decidiram prorrogar o evento para 2021. Até porque, a janela de produzir uma vacina e diminuir o contágio seria bem menor. Algo que de fato se tornou realidade.

Veja também: Nova moto da Honda é lançada

Primeiras medalhas das Olimpíadas sairão no final de semana

As primeiras medalhas das Olimpíadas deverão ser distribuídas já neste final de semana, começando nesta sexta-feira (23). As modalidades de tiro esportivo terão uma final feminina da carabina de ar, com dez metros de distância, a partir das 22h45. Já na madrugada para o sábado, outras modalidades também já contarão com o pódio.

Como por exemplo, tiro com arco, esgrima, ciclismo de estrada, taekwondo, levantamento de peso e judô. Sendo que nestas duas últimas, temos grandes atletas brasileiros, que possuem um bom retrospecto, e que são a esperança de uma boa premiação.

Acompanhe também: ENEM abre novo prazo para solicitação

Brasil visa superar recorde em Olimpíadas

Nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, o Brasil superou seu próprio recorde no número de medalhas conquistadas. Na ocasião, foram 19, sendo que destas, tivemos sete ouros, seis pratas e seis bronzes. Tais números foram suficientes para o 13º lugar no quadro de medalhas.

Vale a pena lembrar que desta vez, nosso país contará com menos atletas do que há cinco anos atrás. No rio, participaram dos Jogos Olímpicos 465 brasileiros, e agora, apenas 301. De qualquer forma, esta é a maior delegação já enviada ao exterior, superando até mesmo os 257 participantes que tivemos em Londres, na Inglaterra, no ano de 2012.

Continue lendo: INSS abre mais de 7 mil vagas de emprego

Grandes promessas do esporte

Apesar de termos menos participantes nesta edição das Olimpíadas, certamente a promessa de medalhas é muito maior. Até pela inclusão de algumas novas categoria, como o skate, e principalmente o surfe. Disso, temos alguns nomes de atletas bastante marcantes, que podemos ficar de olho. Estes são:

  1. Arthur Zanetti – Argolas – Ginástica Artística
  2. Gabriel Medina – Surfe
  3. Isaquias Queiroz – Canoagem
  4. Letícia Bufoni – Skate
  5. Martine Grael e Kahena Kunze – Vela
  6. Maria Suelen e Mayra Aguiar – Judô

Entre muitos outros, ainda sem citar os times de futebol, vôlei, e até mesmo basquete da seleção brasileira.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui