quinta-feira, abril 15, 2021

Cadastro único digital: o serviço de cadastro em programas do Governo

O cadastro único digital nada mais é do que uma plataforma online do Governo Federal. A mesma representa o CadÚnico, entretanto, sem necessitar comparecer a qualquer sede instituída pelo governo. Tudo aqui pode ser feito de maneira online, por apenas um clique. Este serve para analisar e acompanhar o perfil dos cidadãos que solicitaram ou que já foram aprovados em algum programa social.

Como por exemplo, o Bolsa Família, que toma as informações do sistema como base, para aprovar uma pessoa que se inscreveu. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais sobre a plataforma, e como ela funciona.

Como fazer seu cadastro único digital

Para quem quer fazer seu cadastro único digital para participar dos projetos do Governo Federal, o procedimento é bastante simples. Abaixo, até separamos um passo a passo para você, para te auxiliar nisso. Basta seguir os dados:

  1. Primeiramente, deve acessar o site oficial do CadÚnico, no https://meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico/, ou então baixar o aplicativo do mesmo. Vale a pena lembrar que ele está disponível tanto em sistemas operacionais iOS, como Android
  2. Feito isso, você terá que se registrar na plataforma. Aqui, precisará digitar alguns dados pessoais seu. Estes incluem seu nome completo, data de nascimento, o nome de sua mãe, estado e endereços, e sua declaração de renda
  3. É necessário que tenha uma renda considerada baixa, para que possa participar das maiorias dos programas sociais. Agora basta enviar os seus dados para que possa começar a participar dos processos

Importância do cadastro único digital

O cadastro único digital é extremamente importante para a população brasileira. Isso porque, é por meio dele que muitos outros projetos e programas sociais são adquiridos. Abaixo, separamos uma lista de todos os projetos criados pelo Governo Federal, que utilizam o CadÚnico como base. Siga:

  1. Primeiramente, o Água para Todos e a aposentadoria para pessoa de baixa renda
  2. Posteriormente, o auxílio emergencial, a bolsa estiagem, o Bolsa Família e o Bolsa Verde
  3. A Carta Social, a Carteira do Idoso, o Casa Verde e Amarela, o Crédito Instalação e o Fomento
  4. Isenção de taxas em concursos públicos e passe livre para pessoas com deficiência
  5. Pro Jovem Adolescente, Programa Brasil Alfabetizado, Programa Brasil Carinhoso e Programa de Cisternas. Todos estes englobam o cadastro único digital
  6. Além destes, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, o Programa Nacional de Crédito Fundiário e o Programa Nacional de Reforma Agrária
  7. E por fim, a Tarifa Social de Energia Elétrica e o Telefone Popular

Por que o meio digital está sendo o preferido?

O cadastro único digital vem ganhando muita força recentemente, e por um bom motivo. Primeiro, ele é extremamente prático. As pessoas podem se cadastrar e buscar por programas sociais sem precisarem sair de suas casas. Sem falar que, por conta da pandemia do Covid-19, sua utilização se tornou ainda mais recomendada.

Até porque, é também uma medida para proteger a população e os funcionários do governo, que não precisarão se expor mais ao vírus, que ainda tem uma alta circulação em todo o nosso país, no momento.

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui