quarta-feira, julho 6, 2022

Censo Escolar 2021 revela crescimento de matrículas no ensino médio

A pandemia do Covid-19 atrasou e muito a vida não apenas da população brasileira, mas como também de todo o mundo. Mas, especificamente no Brasil, uma grande crise econômica foi gerada. Até porque, empresas foram forçadas a fechar, funcionários foram demitidos, e poucas pessoas conseguiram emprego nesse período.

Disso, a vacinação contra o vírus tem dado um grande ânimo na população, principalmente com a esperança de voltarmos a ter uma vida normal novamente. E assim, até mesmo o Governo Federal tem conseguido retomar as rédeas do país. Disso, o censo escolar entrou em ação para avaliar o que está acontecendo com o sistema de ensino.

censo escolar
Censo Escolar 2021 revela crescimento de matrículas no ensino médio

Saiba ainda: SENAI abre vestibular para o próximo ano

O que é o censo escolar?

O censo escolar é um levantamento de dados estatísticos-educacionais que são realizados pelo INEP. Tal sigla tem como fundamento o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Essa é uma das entidades mais importantes do Ministério da Educação.

Ela, na verdade, administra até mesmo o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). E agora, tem começado a administrar muitos outros programas e testes do Governo Federal, que sejam relacionados a educação. Disso, foi divulgado nesta última terça-feira (21 de dezembro), no Diário Oficial da União (DOU), todos os dados anuais que foram levantados pelo censo.

Veja mais: Vestibular UENP 2022 está aberto

Resultados divulgados pelo censo escolar

Os resultados que foram divulgados pelo censo escolar foram positivos, de certa forma, com relação aos números revelados em 2020. O estudo mostra uma redução número de matrículas na educação infantil, e também, na de jovens e adultos. Entretanto, pelo lado modo, informa um aumento de alunos no ensino médio e no ensino integral.

Ao todo, foram constadas 36.401.378 matrículas efetuadas na educação básica pública brasileira. O que se traduz em um acréscimo de 0,15% com os dados do ano passado. E tal número já contempla todas as matrículas que foram feitas na creche, no ensino fundamental e até mesmo no ensino médio. E esse inclui jovens e adultos.

Continue lendo: CEFET-RJ lança edital para participantes

Confira os números

Abaixo, é possível encontrar todos os números que foram divulgados pelo censo escolar, com base nos dados do ano passado, traçando assim um comparativo. Confira abaixo:

  1. Primeiramente, houve uma queda de aproximadamente 101.893 alunos na educação infantil. Essa que corresponde às creches e pré-escolas. Tal número representa uma baixa de 1,59%, comparado com ano de 2020
  2. Posteriormente, houve também uma baixa de 43.754 alunos da educação de jovens e adultos (EJA). Essa é válida apenas para o ensino fundamental e médio. E tal margem corresponde a uma baixa de 1,8% com relação ao ano passado
  3. Entretanto, tivemos uma alta de aproximadamente 3% em alunos matriculados no ensino médio. Tal porcentagem corresponde a 189.706 pessoas
  4. Disso, um aumento de 143.717 no número de alunos matriculados na educação especial também foi constado. Tal margem corresponde a um acréscimo de 4,22%
  5. Um leve acréscimo de 0,06% no ensino fundamental também foi registrado pelo censo escolar. Tal número corresponde a 11.712 alunos
  6. E por fim, tivemos mais de 438 mil alunos que deixaram o ensino parcial. Enquanto que mais de 530 mil ingressaram no integral, simbolizando também uma grande preferência pelo integral
Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui