quinta-feira, setembro 23, 2021

Crédito consignado INSS: Qual a nova margem de crédito?

O crédito consignado INSS é um tipo de empréstimo criado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Neste, os valores das parcelas são obrigatoriamente debitados da folha de pagamento. Ou até mesmo no benefício previdenciário de quem solicitou tal crédito. Entretanto, ainda há muitas dúvidas com a relação à qual o valor a ser debitado de cada um.

Neste artigo, estaremos explicando melhor quais são as margens, além de claro, como o próprio consignado funciona. Considerando claro que você tenha interesse em participar também, ou que já até mesmo tenha contratado o seu, mas que não sabe dos valores oficiais.

crédito consignado INSS

Mudanças no crédito consignado INSS

Originalmente, a margem de crédito consignado INSS era estabelecida em um valor fixo de 35%. No caso, deste número, 30% é destinado para a solicitação de empréstimos, enquanto que 5% é destinado para o uso de cartão de crédito consignado. Entretanto, no dia 31 de março uma nova medida provisória entrou em vigor. Esta, a 1.006/2020, aumentou tal limite para 40%.

Isso claro, apenas para aposentados e pensionistas que fazem parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O acréscimo destes 5% será designado para a solicitação de empréstimos, subindo a porcentagem para 35%.

Mais um aumento no crédito consignado INSS pode acontecer

Apesar de já ter sido aumentado, a margem do crédito consignado INSS poderá novamente voltar a subir consideravelmente. Isso porque, existe um Projeto de Lei (PL) que está sendo discutido na Câmara dos Deputados. Esta visa aumentar a margem do empréstimo de 35% para 45%.

O autor deste trâmite foi o deputado federal Alexandre Lei (DEM-SP), que acredita que tal crédito é a única fonte financeira capaz de custear despensas e garantir a sobrevivência da população. Ainda não sabemos o quanto exatamente subirá desta margem, entretanto, a proposta é de um aumento significativo.

Quem tem direito ao crédito consignado INSS

Muitas pessoas têm dúvida quanto a quem pode solicitar o crédito consignado INSS. Na verdade, é bastante simples. Primeiramente, o caso inicial é referente a ser obrigatório a contribuição à previdência social. Como por exemplo, ter o desconto a entidade feito em folha salarial.

Isso desde que esteja sob regime de carteira assinada, sob as Consolidações das Leis do Trabalho (CLT). Além disso, também são permitidas pessoas que são beneficiárias do Instituto Nacional do Seguro Social. Estas podem receber uma aposentadoria de qualquer tipo, ou até mesmo serem pensionistas dela.

Vale a pena lembrar que o crédito consignado INSS também possui as menores taxas de juros, quando o assunto é crédito pessoal. Na verdade, poucas pessoas sabem disso. Isso acontece justamente porque sua parcela é descontada diretamente na folha de pagamentos da pessoa.

Seja essa no salário que a pessoa recebe de sua empresa, ou, até mesmo do benefício que ela consegue da própria entidade do Governo Federal. E por isso, a garantia de recebimento das parcelas é gigantesca, o que reduz a quase zero o riso de inadimplência, por parte do Instituto Nacional do Seguro Social. São raríssimos casos que provam o contrário, como pessoas que fazem esquemas ilegais nas empresas, ou mentem dados.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui