quinta-feira, outubro 28, 2021

FIES 2021: estudantes na fila de espera podem ser convocados até abril

Para aqueles que perderam o prazo da lista de espera do FIES 2021, não se preocupe. Isso porque, segundo comunicado oficial feito pelo Ministério da Educação (MEC), a data foi prorrogada por mais algumas semanas. A partir de agora, a fila de espera seguirá ativa até o dia 14 de abril.

Isso para permitir que mais estudantes possam ingressar em instituições de ensino superior. Portanto, corra com seus documentos para que não fique de fora e perca esta grande chance. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais sobre o programa de financiamento estudantil, e o que ele oferece.

FIES 2021

O que é o FIES 2021 e para que serve?

Basicamente, o FIES 2021 é um programa de financiamento estudantil, destinado apenas a quem quer cursar o ensino superior. Por meio deste, desenvolvido pelo Ministério da Educação, estudantes tem a oportunidade de ingressarem faculdades particulares. E o melhor de tudo, é que dependendo do tipo de acordo que conseguir, o financiamento de seu ensino pode vir de forma integral, ou pelo parcial, em 50%. Mas, não pense que este é um programa de bolsa de estudos, pois não é isso que acontece. Ao final de seu curso, terá que pagar todo o valor integral, que foi pago pelo órgão do governo.

E para isso, você faz o financiamento, dividindo o valor em diversas parcelas, com juros baixos. Dependendo do caso e do perfil financeiro do aluno, este financiamento pode até mesmo sair sem juros nenhum. O Novo FIES funciona basicamente como uma ferramenta para quem não tem dinheiro na hora, para já ir pagando pelas aulas. Lembrando que o mesmo só atende instituições de ensino superior. Portanto, se tem interesse nisso para ensino médio, ou até mesmo técnico, não conseguirá nada do programa. Em caso dos financiamentos parciais, terá que pagar a segunda metade de seu curso, de seu bolso.

Modalidades do FIES 2021

Atualmente, o FIES 2021 oferece apenas duas modalidades diferentes de financiamentos para seus estudantes. A primeira desta é por meio do Novo FIES, que é destinado apenas para estudantes com a renda mensal familiar de no máximo três salários mínimos.

E a grande vantagem aqui é que estes poderão aproveitar de juro zero. A segunda, é a P-FIES, operada exclusivamente por bancos privados. Estes têm juros varáveis, e é destinada para alunos que possuem no máximo uma renda familiar de até cinco salários mínimos.

Leia também: Simulado SISU 2021: como simular notas de corte com o ENEM

Outros critérios do FIES 2021

Além de analisar totalmente o perfil financeiro dos candidatos, o FIES 2021 também toma como base outros dados. Como por exemplo, o desempenho do estudante no último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Disso, as melhores notas serão favorecidas na fila inicial, e também com propostas de financiamento melhores. Enquanto as demais, que ficaram fora da nota de corte, vão para a fila de espera.

Apesar disso, ainda é possível conseguir uma vaga aqui. Basta ficar atento com desistências ou pessoas que perderam o prazo de inscrição. E disso, também baseado nas notas, as próximas pessoas da fila vão recebendo as oportunidades para se registrarem no programa, e depois, de se matricularem nas universidades.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui