quinta-feira, setembro 16, 2021

Governo quer criar salário de R$ 550 para jovens desempregados

O governo federal tem cada vez mais olhado para os jovens desempregados do país. Isso porque, estão de todos os modos tentam promover uma maior criação de empregos. Sem falar também na criação de novos programas sociais. Agora, nesta semana, o ministro do trabalho e previdência, Onyx Lorenzoni, falou mais a respeito da criação de um novo projeto.

Este seria responsável por dividir metade de um salário mínimo com as empresas. Pois, neste caso, as companhias teriam menos gastos na folha salarial, o que ajudaria a contratar novos funcionários. E o trabalhador em questão não seria influenciado negativamente por tal decisão.

Programa para jovens desempregados vem aí

De acordo com o Onyx Lorenzoni, o projeto deverá ser criado para incentivar jovens desempregados a procurarem um emprego. Estes devem ter entre 16 a 29 anos de idade no máximo. Lembrando que aqui, neste caso, a remuneração será mensal, sem um período pré-determinado pelo Governo Federal.

jovens desempregados
Governo quer criar salário de R$ 550 para jovens desempregados

E a quantia máxima a ser correspondida é de meio salário mínimo. Ou seja, tal valor hoje está na casa dos R$ 550,00. Apesar disso, o governo ainda precisa decidir qual será o período de pagamento do programa social, para poder comunicar às empresas que decidirem participar.

Programas para jovens desempregados

Conforme mencionou anteriormente, Onyx Lorenzoni afirmou as intenções do Governo Federal para ajudar os jovens desempregados. Disso, programas que ajudem os mesmos a conseguirem empregos estão sendo criados. Estes ganharão o nome de Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) e também de Bônus de Incentivo à Qualificação (BIQ).

Entretanto, os mesmos ainda precisam ser votados na Câmara dos Deputados. Lembrando que o ministro ainda pretende aplicar tal ideia para o setor público. Fazendo com que mais oportunidades em concursos e provas apareçam, pois, os salários também seriam divididos com a entidade. Resta saber até qual quantia ajudariam.

Jovens desempregados: projeto incluirá mais velhos?

Conforme mencionamos anteriormente, o programa será destinado para jovens de 16 a 29 anos de idade. Entretanto, o Governo Federal está buscando algumas brechas para ajudar também aqueles que tem uma idade mais à frente. Isso inclui pessoas acima dos 50 anos.

Pois o governo entende que caso alguém deste grupo esteja desempregado, a chance de conseguir um novo emprego é muito pequena. Até porque, diversas companhias preferem pessoas mais novas, com maior potencial de crescimento, e até mesmo mais próximas da tecnologia. Isso faria estes ganharem uma nova oportunidade de ingressarem no mercado de trabalho.

Mais programas sociais

O Governo Federal tem criado cada vez mais programas sociais para ajudar não apenas jovens desempregados, mas como boa parte da população brasileira. Como por exemplo, auxílio emergencial, o retorno do benefício emergencial (BEm) e a antecipação do 13º salário do INSS.

Isso sem falar na reforma do Bolsa Família, que está prestes a se tornar auxílio Brasil, para o ano de 2022. Agora relacionados a empresas, temos também o PRONAMPE, que gera linha de créditos para aqueles que foram afetados pela pandemia do Covid-19. E também o Programa Brasil Mais, que ajuda a criar uma melhor capacitação profissional para todos os seus funcionários e futuros contratados.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui