sexta-feira, junho 18, 2021

Imposto de renda 2021 encerra prazo para declarações

O imposto de renda 2021 é uma declaração para prestar contas ao Governo Federal de quanto você obteve de rendimentos em um ano. Lembrando que a Receita Federal é a entidade oficial responsável por analisar todos os dados que são enviados, anualmente. Em 2021, por conta da pandemia do Covid-19, o governo se viu obrigado a prorrogar o prazo da declaração.

Principalmente porque as pessoas e empresas não estavam conseguindo obter todas as informações. Entretanto, nesta segunda-feira (1º de junho) se encerrou o prazo para o envio dos dados. Neste artigo, falaremos mais a respeito do que acontecerá com quem não efetuou a declaração.

imposto de renda 2021

Prazos do imposto de renda 2021 foram modificados

Para quem ficou por fora, o Governo Federal prorrogou o prazo original para entregar a declaração do imposto de renda 2021. Primeiramente, este começou em 1º de março, e ia até 30 de abril. Entretanto, foi aumentado mais um mês nesta conta, permitindo o envio até 1º de junho, somente.

Isso porque empresas encontraram dificuldades em conseguir seus informes de rendimentos para os funcionários. Sem falar que muitas pessoas tiveram problema em contatar as empresas, até porque, poucas seguiram com o modelo de trabalho presencial durante esta pandemia.

Punição para quem não declarar o imposto

Se você foi um dos que não conseguiu entregar sua declaração do imposto de renda 2021, então, infelizmente, você sofrerá com graves punições. A primeira delas é que poderá ser multado em até 1% ao mês, sobre o valor do imposto que está atrasado. O limite é de 20%, e ainda pode ser acrescido de juros mensais proporcionais à taxa Selic. E a punição não para por aí. Pois, quem não fez o prestar de contas à Receita Federal, também ficará com o seu CPF bloqueado, com o status de “pendente de regularização”. E com isso, poderá ser prejudicado em diversos quesitos cotidianos, principalmente com relação ao seu futuro.

Com este bloqueio em seu documento, ficará impedido de tirar ou até mesmo renovar um passaporte, por exemplo. Além disso, prestar concursos públicos, fazer empréstimos com instituições financeiras, obter certidão negativa para vender um imóvel, e até mesmo abrir contas em bancos são algumas das outras atividades que não lhe serão permitidas, até que regularize a sua situação. Lembrando que a Receita permite um prazo específico para a regularização do imposto de renda 2021, para aqueles casos nos quais não foram atrasados os dados, mas sim que tiveram alguma informação incorreta nos documentos.

A correção do imposto de renda 2021

Vale a pena lembrar que quem entregou o imposto de renda 2021, porém teve erros na declaração, o resultado final é mais brando. Nenhuma multa lhe será aplicado, e ainda terá um prazo para efetuar as retificações no documento. No caso, a Receita Federal dá aos contribuintes até cinco anos para efetuar as mudanças.

Caso perca este longo período, aí sim estará suscetível a sofrer as mesmas punições que os demais. Até porque, o Governo Federal entende que este prazo é mais do que suficiente para que corrija tudo o que precisa, e que regularize a sua situação.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui