terça-feira, abril 6, 2021

Imposto federal no diesel terá efeito mínimo no valor final do combustível

Apesar do PIS/Cofins sobre o diesel ter sido isentado pelo Governo Federal, com a promessa de uma diminuição significativa do preço do combustível no país, não foi isso que aconteceu. Na verdade, no estado do Ceará, o valor caiu apenas um centavo. Lembrando que este levantamento foi feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Entretanto, a expectativa é de que este número abaixe mais, pelo menos nos próximos 15 dias. Pensando assim, separamos neste artigo algumas informações relevantes a respeito do imposto federal. Principalmente com as projeções futuras para o valor do diesel em todo o Brasil, nos próximos dias.

O decreto sobre o imposto federal

Ainda no começo de março, mais precisamente no dia 2, o presidente da república, Jair Bolsonaro, assinou um novo decreto. Neste, todas as cobranças de PIS/Cofins, um imposto federal, sobre o óleo diesel seriam zeradas. Tal medida foi pensando para que o preço do combustível, e principalmente do gás de cozinha, diminuíssem para a população. Ainda não há uma estimativa de quanto tempo tal decreto permanecerá ativo.

E agora, com uma resposta negativa de uma das maiores regiões do Nordeste, se sequer dará certo. Entretanto, de acordo com alguns especialistas da ANP, é preciso esperar um pouco mais para verificar a flutuação do mercado.

Confira também: Senado aprova PEC que viabiliza auxílio emergencial

O imposto federal e o aumento do combustível

O imposto federal sobre o PIS/Cofins em cima do óleo diesel, além das ações negativas da Petrobrás, impactou diretamente no preço do combustível em todo o país. Na verdade, desde a primeira semana de fevereiro, até os dias de hoje, o valor da gasolina tem subido cada vez mais.

Ainda no Ceará, por exemplo, o preço médio era de R$ 3,92 o litro, com o mínimo saindo por R$ 3,70, e o máximo, R$ 4,19. Agora, pouco mais de um mês depois, o preço médio da gasolina foi elevado para R$ 4,32, o mínimo R$ 4,20, e o máximo, R$ 4,41. Isso sem falar que em outros estados, tais números podem ser ainda maiores.

Previsão de decréscimo no combustível?

Até o momento, a modificação do imposto federal sobre o PIS/Cofins em cima do óleo diesel ainda não teve muitos resultados. Apenas um centavo caiu, do valor da última semana, no estado do Ceará.

E segundo Antonio José Costa, assessor técnico do Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis do Ceará (SINDIPOSTOS-CE), não há nenhuma perspectiva para a redução dos preços do mesmo. Na verdade, não há uma previsão exata, e que devemos aguardar mais tempo para ver se surte algum novo efeito nas quantias.

Confira também: Seguro-desemprego terá menos parcelas por causa de cortes

Imposto federal e a variação cambial

Um dos principais fatores que podem interferir no imposto federal, e diminuírem consideravelmente o preço do combustível, é a variação cambial. De acordo comas entidades, a Petrobras adotou um modelo de equiparação com o mercado internacional.

E com isso, as variações do dólar, e até mesmo do barril de petróleo cru, podem influenciar diretamente o preço da gasolina no país. Portanto, se o dólar abaixar, a tendência é que o combustível também abaixe, como exemplo. O mesmo se dá com o barril de petróleo cru.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui