segunda-feira, outubro 25, 2021

Lista de espera do Bolsa Família vai acabar com auxílio Brasil

O Bolsa Família é um dos principais, se não o principal programa social que é pago no Brasil. O mesmo foi desenvolvido há quase duas décadas, ainda pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. E para este ano, por desejo exclusivo do atual presidente Jair Bolsonaro, o projeto está próximo de ganhar uma grande reforma.

Nessa, passaria a se chamar de auxílio Brasil, modificando também a quantia a ser paga nas parcelas, alguns programas de incentivos e até mesmo o modo no qual o benefício é solicitado. E claro, principalmente a proibição da lista de espera, que deverá ser extinta no novo modelo.

Bolsa Família deve ter fim de lista de espera em reforma

O relator da proposta do auxílio Brasil, o deputado Marcelo Aro, já sinalizou que pretende incluir no texto do mesmo o fim das listas de espera no novo modelo do Bolsa Família. Isso, claro, para que mais famílias não precisem esperar para terem acesso ao benefício. Vale a pena lembrar que hoje temos mais de 1 milhão de pessoas que estão aguardando uma resposta. Mas, para que isso seja aprovado, é necessário rever todo o orçamento do projeto. Pois, assim, garantirão que estão mesmo aptos a arcar com todas as custas, sem nenhum problema.

Auxílio Brasil
Lista de espera do Bolsa Família vai acabar com auxílio Brasil

Até porque, hoje, existem cerca de 14,655 milhões de beneficiários do programa Bolsa Família. Mas, o Governo Federal já se mostrou favorável a ideia de ampliar este quadro, chegando até os 17 milhões de inscritos. E ao que se especula, um milhão devem vir dessas listas de espera, enquanto que os demais por meio de novos interesses. Principalmente, claro, pela nova geração que está vindo, e aqueles que visam os programas de incentivo que estão sendo desenvolvidos. Isso sem falar que tudo tem sido muito forçado e manipulado pelo atual presidente da república.

Mudança promovidas no Bolsa Família

Jair Bolsonaro expressou por diversas vezes o desejo de aumentar o pagamento do Bolsa Família, que será chamado de auxílio Brasil, para R$ 300,00. Sendo que atualmente, o mesmo está na casa dos R$ 189,00. Além disso, o método no qual participantes podem solicitar o benefício.

Hoje é preciso que se registrem na plataforma do Cadastro Único, e que se dirijam até a prefeitura de seu município, para solicitar o programa social. Entretanto, isso deverá mudar com a reforma, sendo mantido o cadastro no CadÚnico, mas, com a possibilidade de pedir o projeto de maneira totalmente remota. Isso por meio de um aplicativo que está sendo desenvolvido pelo governo.

Quando reforma acontecerá?

A reforma do Bolsa Família já tem uma data específica para acontecer. O mesmo deverá se tornar auxílio Brasil somente no mês de novembro, após o término do pagamento do auxílio Brasil. Até porque, Bolsonaro instituiu o projeto por meio de uma medida provisória, há cerca de dois meses.

E por lei, toda MP precisa ser julgada em até 90 dias, ou será desconsiderada. E disso, o projeto precisa ser aprovado na Câmara dos Deputados, e depois no Senado Federal. Para finalmente chegar até as mãos do presidente, que sancionará todo o projeto.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui