terça-feira, maio 17, 2022

MEI 2022: Confira prazo para migrar de Microempresa para MEI

A cada dia que passa, mais e mais pessoas estão optando por se tornarem MEI 2022 no Brasil. Até porque, o sistema que está sendo criado, além das condições oferecidas, tornam o projeto muito mais atraente para empreendedores. Isso sem falar em toda a reforma do mesmo, que está previsto para o próximo ano, e que aumentará as condições das empresas.

Disso, muitos começaram a mostrar interesse em migrar de microempresa para o mesmo. Sempre com dúvidas se isso é possível, e como pode ser feito. Nesse artigo, estaremos falando mais a respeito do assunto, e como você pode fazer para participar.

MEI 2022: Confira prazo para migrar de Microempresa para MEI

Mudar de microempresa para MEI

Caso você tenha interesse em migrar de microempreendedor, com uma microempresa, para ser microempreendedor individual (MEI), saiba que é possível. Entretanto, o prazo para tal está ficando muito curto. Isso porque, o dia 31 de janeiro de 2022 é o último dia no qual você tem para solicitar a adesão do Simples Nacional.

E disso, pode se transformar no outro tipo de empresa. Caso contrário, você só poderá efetuar tal mudança novamente no ano de 2023. Vale a pena dizer que o número de micros individuais só cresce no Brasil. Atualmente, das 3.359.750 empresas que foram abertas no Brasil, 2.663.309 eram desse tipo. E a estimativa é de que existam cerca de mais de 11 milhões, no total.

Quem pode ser MEI no Brasil?

Ser MEI no Brasil atualmente é um dos melhores negócios que quem quiser trabalhar pode fazer. Mas, saiba que é necessário também cumprir uma série de exigências. Essas que foram estabelecidas pelo Simples Nacional e também pelo Governo Federal. Como por exemplo, os casos são:

  1. Primeiramente, ter certidões negativas atualizadas. Além disso, ter também uma empresa individual, sem sócios, e não ser sócio, administrador ou titular de nenhuma outra empresa
  2. Posteriormente, não ter débitos e mais do que um funcionário contratado, em sua empresa
  3. Além disso, seu rendimento máximo no ano deverá ser de R$ 81 mil, bruto
  4. Então, não pode ser um funcionário público, certamente
  5. E por fim, deve exercer uma das mais de 450 atividades autorizadas pelo Governo Federal, para a categoria de MEI no Brasil. Existe uma grande página que pode consultar no próprio site da entidade federal, para verificar se o que você exerce de função está inclusa na lista criada pelo governo

E como efetuar a troca?

Agora com relação a como efetuar mesmo a troca, o procedimento é muito simples. Primeiramente, o que você precisa fazer é entrar no site oficial do Simples Nacional. O mesmo está disponível no endereço eletrônico http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/. Disso, basta clicar no ícone SIMEI Serviços, entrar na opção solicitação do enquadramento do SIMEI, e clicar na aba código de acesso.

Se você não tiver o código de acesso, é necessário solicitar um mesmo. Informe seu CNPJ, CPF e repetir os caracteres. Clique em continuar e informe seu título de eleitor, além da data de nascimento. Vale a pena lembrar que as LTDA e outras formas jurídicas terão que passar para empresário individual (EI), para migrar para o MEI 2022.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile