sexta-feira, junho 18, 2021

Minas aprova auxílio emergencial estadual de R$ 600,00

O auxílio emergencial tem sido, desde 2020, o principal programa social em todo o país. Isso por conta da pandemia do Covid-19, que segue afetando financeiramente diversas famílias brasileiras. Algumas por perderem seus empregos, outras até por terem que fechar suas empresas.

Disso, se tornou cada vez mais comum governos municipais criarem o seu próprio auxílio emergencial estadual, para complementar esta renda. Este é o caso de Minas Gerais, segundo anuncio feito pelo governo Romeu Zema, nesta última sexta-feira (21 de maio). E neste artigo, falaremos um pouco mais a respeito deste assunto. Principalmente valores, períodos de pagamento e como se inscrever.

Valor a ser pago no auxílio emergencial estadual de Minas Gerais

Em 2020, o benefício federal foi pago no valor de R$ 600,00, para beneficiários comuns que foram aprovados. E para mulheres chefes de família, o valor subiu para R$ 1.200,00. Entretanto, neste ano, o valor caiu drasticamente, para até três valores diferentes. O primeiro deles é de R$ 150, para pessoas que moram sozinhas.

O segundo é de R$ 250,00, para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. E o terceiro é de R$ 375,00, para mulheres chefes de família. Agora o auxílio emergencial estadual de Minas Gerais será também de R$ 600,00, independentemente do cenário de cada beneficiário aprovado.

Quem poderá participar do auxílio emergencial estadual

Se você tem interesse em saber quem pode participar do auxílio emergencial estadual, saiba que as regras são bastante restritivas. No caso, separamos abaixo uma lista com todos estes dados para você. Siga:

  1. Primeiramente, é necessário ser um residente do estado de Minas Gerais, e estar em situação de extrema pobreza
  2. Posteriormente, sua renda per capita familiar deverá ser de até R$ 89,00, por mês. Será necessário também que esteja inscrito no Cadastro Único, popularmente conhecido como CadÚnico. O mesmo é a plataforma oficial do Governo Federal para analisar perfil de possíveis participantes

Auxílio emergencial estadual agora está previsto por lei

Vale a pena dizer que o auxílio emergencial estadual agora está previsto por lei. O mesmo é fruto de um Projeto de Lei, que foi iniciado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A regulamentação oficial do programa social foi publicada no Diário Oficial do Estado, ainda na última semana.

Para ser mais preciso, no último sábado (22 de maio). Disso, já com a proposta oficial em mãos, do valor a ser pago para a população, e também, a quantidade de parcelas que deverá ser paga para o povo. Ao todo, o Estado tem a expectativa de beneficiar mais de 1,08 milhão de famílias com este projeto.

Período de pagamentos do benefício

Se você está na expectativa de que o auxílio emergencial estadual possa ser pago até o fim do ano, saiba que isso não vai acontecer. Na verdade, segundo o próprio governo do estado de Minas Gerais já explicou, o mesmo será pago em uma parcela única, apenas.

E este pagamento deverá acontecer somente em agosto, após a quitação do auxílio emergencial federal. Este está previsto para ter sua quarta e última parcela quitada no mês de julho.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui