domingo, outubro 24, 2021

Novo auxílio emergencial 2021 deve alcançar metade dos beneficiários

A cada dia que passa, o novo auxílio emergencial 2021 fica mais próximo de ser anunciado. Isso porque, o Governo Federal do Brasil segue estudando uma possibilidade para distribuir o benefício à população. O novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, falou mais na última semana sobre a possibilidade de o programa atender apenas metade dos que foram inscritos em 2020.

Com isso em mente, separamos algumas falas do mesmo, neste artigo, e principalmente, como deve funcionar o auxílio. Lembrando que ele será totalmente diferente do primeiro, criado ainda ano passado. Tudo isso devido a pandemia do Covid-19.

Como deve ser distribuído o novo auxílio emergencial 2021

Segundo entrevista de Rodrigo Pacheco, o Auxílio Emergencial 2021 não deverá atender a todos. Na verdade, o mesmo disse que ao invés de atingir aos 64 milhões que foram inscritos no último ano, este número pode cair pela metade. Isso porque, a outra metade retornaria aos outros programas sociais já existentes.

Isso daria a entender que o programa poderá ser focado apenas para aqueles que não possuem nenhum outro recebimento de benefícios do governo. Apesar de que isso ainda não está confirmado, de maneira oficial, pelo órgão federal.

Como deve funcionar o novo auxílio emergencial 2021

Apesar de o novo auxílio emergencial 2021 ainda estar sendo discutido, já existem alguns espelhos de como o mesmo poderá funcionar. Em 2020, o valor do benefício era de R$ 600,00, para boa parte da população. Entretanto, algumas mulheres chefes de família poderiam ter tal quantia dobrada, para R$ 1.200,00.

Agora para este ano, a quantia a ser recebida será totalmente diferente. Especulam-se que os números sejam de R$ 300,00. E mais que isso, será distribuído por uma quantidade de tempo limitado. Até o momento, fala-se em apenas quatro meses, começando a partir de março. Ou seja, o benefício pode ser pago até junho, apenas.

Quando o programa vai ser liberado?

A grande dúvida das pessoas é a de quando o novo auxílio emergencial 2021 será liberado. A resposta é que ainda não há uma data pré-definida pelo Governo Federal. Até porque, os detalhes do benefício, como valores, duração e número de pessoas atingidas, ainda estão sendo discutidas.

Entretanto, o presidente da república, Jair Bolsonaro, já disse anteriormente que o mesmo pode ser pago por até quatro meses. Isso claro, começando do mês de março. Considerando que já estamos na reta final de fevereiro, é possível que tal data sofra uma alteração.

Qual instituição financeira será responsável pelo benefício?

A exemplo do último ano, o novo auxílio emergencial 2021 deve seguir sendo administrado pela Caixa Econômica Federal. Isso porque, a instituição bancária é a principal entidade financeira do Governo Federal, atendendo já milhares de pessoas, diariamente. Sem falar que já tem toda uma plataforma que pode ser reaproveitada de 2020.

Esta inclui aplicativos para celulares e até mesmo consultas online, por meio do site oficial da Caixa. Todas estas informações devem ser repassadas pelo governo, assim que aprovarem, de fato, o benefício. É provável que a resposta saia até a primeira semana do mês de março. Isso claro, barrando qualquer imprevisto que possa vir a acontecer.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui