quinta-feira, setembro 16, 2021

PDDE/SIMEC: Termina prazo para escolha de livros didáticos

Visando uma boa retomada da educação em 2022, pós pandemia do Covid-19, os gestores e professores de escolas públicas já estão se preparando e traçando planos. Até porque, os mesmos tiveram até esta última segunda-feira (30 de agosto) para escolher todos os livros e materiais didáticos.

Estes que serão utilizados em salas de aula, no próximo ano. Lembrando que todos estes livros devem ser feitos pelo Guia Digital do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). Sem falar que todos estão acessíveis no Sistema PDDE/SIMEC. Este que só pode ser acessado por profissionais da educação, que são da rede pública, em todo o Brasil.

E quem não tem acesso ao PDDE/SIMEC?

O Ministério da Educação (MEC) realizou um comunicado a respeito das escolas estaduais e municipais que ainda não tenham acesso ao Sistema PDDE/SIMEC. Neste caso, as mesmas devem efetuar uma solicitação do acesso na Secretaria de Educação. E disso, um novo prazo será dado para elas.

PDDE/SIMEC
PDDE/SIMEC: Termina prazo para escolha de livros didáticos

Até porque, não podiam ser inclusas no geral, já que não tinham acesso a plataforma. Quanto as escolas federais, o acesso deverá ser autorizado apelas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Disso, também lhes serão gerados um novo prazo limite.

Confira mais: Nota do ENEM já pode ser consultada por participantes

PNLD distribuirá materiais por meio do PDDE/SIMEC

O PNLD anunciou também que estará distribuindo neste ano, por meio do sistema PDDE/SIMEC, algumas obras da educação infantil. Estas a estudantes e professores das escolas públicas de todo o país. Com uma grande novidade, por meio dos livros didáticos direcionados aos estudantes que são da pré-escola.

Segundo o MEC, isso é para buscar um melhor desenvolvimento social e cognitivo dos estudantes. Tudo para promover uma melhor igualdade de oportunidades educacionais. Tudo conforme é proposto pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Então, já em 2022, já devemos ter.

Continue lendo: CETAM abre mais de 17 mil vagas para interessados

Como coordenarão a distribuição pelo PDDE/SIMEC?

Vale a pena lembrar que a coordenação por meio do PDDE/SIMEC deve ser feita por cada entidade. O FDNE deve movimentar a aquisição e distribuição de todo o material. Já que terá cerca de 30 milhões de estudantes de educação básica em todo o país para administrar.

Já o PNDL, por sua vez, precisará avaliar e disponibilizar obras didáticas, pedagógicas e literárias. Isso sem falar em outros materiais de apoio à prática educativa, gratuita e regular. Isso claro, tudo para a rede pública. Sejam escolas municipais ou até mesmo estaduais, lembre-se bem disso.

Acompanhe também: SENAC abre vagas para muitos cursos, totalmente gratuitos

Volta as aulas presenciais

Vale a pena lembrar que além do preparo de materiais por parte do Sistema PDDE/SIMEC, quase que todas as escolas do Brasil inteiro já estão voltando a ter aulas presenciais. Isso porque, muitas delas têm professores que já estão completamente vacinados e imunizados.

Sem falar que boa parte da população brasileira também já terminou de tomar a primeira dose da vacina contra o Covid-19. Outro ponto interessante é que a expectativa é de que até 2022, todos já estejam completamente imunizados, com todas as doses. E disso, todos devemos voltar a ter uma vida o mais próximo possível da normalidade. Isso claro, ainda respeitando protocolos de saúde e de distanciamento social.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui