quinta-feira, setembro 16, 2021

PIS/PASEP retroativo: Saiba como sacar parcelas do abono vencidas

O PIS/PASEP é um dos principais benefícios que é pago no Brasil, anualmente. O mesmo também é conhecido por abono salarial, e atende a um específico grupo. O dos trabalhadores brasileiros que são registrados em carteira. Isso claro, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT).

Para o ano base de 2019, que foi pago neste ano, os beneficiários poderiam sacar o mesmo até junho. E para os que perderam a data de saque, não se preocupe, pois você ainda poderá efetuar o mesmo. Para tal, basta aguardar o próximo calendário de pagamentos do Governo Federal. Até porque, os valões ficam disponíveis por até cinco anos, no máximo.

PIS/PASEP de 2021 foi prorrogado

E para este ano, a partir de julho, também seria pago o PIS/PASEP referente ao ano base de 2020. Entretanto, o Governo Federal optou por prorrogar o pagamento do mesmo para o próximo ano. Até porque, o governo não encontrou verbas suficientes para retornar com o Benefício Emergencial (BEm), meses atrás.

pis/pasep
PIS/PASEP retroativo: Saiba como sacar parcelas do abono vencidas

E disso, a necessidade de criar um meio se tornou gigantesca. Deste modo, conseguiram abrir uma boa janela de gastos, utilizando a quantia que ser usada em um benefício, para pagar o outro.

PIS/PASEP poderá ter dois pagamentos em 2022?

Um dos principais levantamentos feitos pelo Governo Federal recentemente foi o da possibilidade de um pagamento de duas parcelas do PIS/PASEP em 2022. O primeiro deles referente ao ano base de 2020, que foi adiado em 2021. E o segundo referente ao ano base de 2021, que já estava previsto para acontecer naturalmente.

Disso os pagamentos devem ser efetuados logo no começo do ano. Pois o governo deseja se livrar de despesas em benefícios o quanto antes, para poder liberar o cofre público para novos programas. Ou até mesmo para reformas dos mesmos, que necessitem.

PIS/PASEP pode ser cancelado em breve?

Outro rumor que também tem sido passado nos últimos meses é que o PIS/PASEP pode ser suspenso de modo definitivo. Isso porque, o presidente da república, Jair Bolsonaro, quer efetuar uma reforma no Bolsa Família. Isso para aumentar o valor do benefício que está sendo pago.

Atualmente, o mesmo está na casa dos R$ 192,00, e a solicitação do presidente é que suba para R$ 300,00. E apesar disso, o Governo Federal está tendo dificuldades em encontrar a verba para tal. Disso, o que foi feito com o BEm pode acabar se tornando uma tendência para tal projeto, mas, de modo definitivo.

Mais programas sociais

O PIS/PASEP e o Bolsa Família não são os únicos programas sociais desenvolvidos pelo Governo Federal. Na verdade, o mesmo ainda oferece o auxílio emergencial, que não apenas retornou para 2021, como ganhou mais três parcelas. Isso sem falar também na antecipação do 13º salário do INSS, que foi pago para os beneficiários.

O próprio Benefício Emergencial (BEm) ressurgiu para ajudar os afetados pela pandemia do Covid-19. Para empresas, temos também o PRONAMPE, que gera linha créditos as mesmas, e o Programa Brasil Mais. O governo visa criar cada vez mais projetos para poder amparar todos que se encontram em situação de necessidade extrema.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui