domingo, janeiro 23, 2022

PIX: Banco Central altera novamente regras para transferência noturna

O Banco Central, que é a principal instituição bancária do Brasil, ainda segue buscando uma alternativa para sua própria criação: o PIX. Até porque, a cada nova semana que se passa, o limite de transferência noturna se torna discussão. Pois, alguns consideram um período do dia extremamente perigoso.

E para evitar sequestros ou outros atos de criminosos, o BC tem elaborado diferentes táticas com relação a quantia máxima permitida. Anteriormente, não havia um número pré-definido. Entretanto, nas últimas semanas, foi estabelecido um valor de R$ 1.000,00, para a noite e madrugada, que novamente está sendo revisto pela entidade.

Novas mudanças no PIX

Ao que tudo indica, segundo novo comunicado oficial feito pelo Banco Central, o valor máximo de R$ 1.000,00, para o período noturno e da madrugada, deverá ser mantido. Então, afinal, qual é a grande mudança? Já sabemos que a limitação de tal quantia acontece das 20h às 6h do dia seguinte, desde outubro desse ano. Mas, era possível que o consumidor solicitasse uma alteração no período noturno.

E tal necessidade poderia ser solicitada e alterada para que o período começasse em qualquer horário desejado. Isso, claro, desde que fosse solicitado entre às 20h e 23h59. Ou seja, ainda era possível sacar uma quantia maior do que a acima, por meio dessa pequena brecha.

PIX
PIX: Banco Central altera novamente regras para transferência noturna

Entretanto, para agora, não será mais possível realizar tal serviço no PIX. Tal mudança no PIX foi implantada pelo próprio BC ainda nessa segunda-feira (22 de novembro). E agora, os clientes poderão movimentar os R$ 1.000,00 apenas, das 20h às 6h, ou das 22 às 6h, no máximo. E segundo a entidade, a mudança foi necessária por dois motivos. O primeiro deles é para garantir a segurança da população, de uma maneira mais efetiva. A segunda foi pela complicação da operacionalização. Principalmente por isso levar ao cliente diversas escolhas e ter que optar por uma sem saber direito do que se tratava.

Exceções na transferência noturna com o PIX

Vale a pena dizer que o PIX é um método muito novo ainda no Brasil, apesar de existir há um ano. Disso, muitos malfeitores se aproveitaram da população, para poder efetuar sequestros relâmpagos e roubos. Disso, a medida foi criada pelo Banco Central para restringir os pagamentos e as transferências, nesse horário noturno.

Mas, saiba que a mesma não é válida para todos. Na verdade, empresas ainda podem efetuar transferências, normalmente, pelo mesmo horário, sem qualquer limite. A restrição é válida somente para pessoas físicas, e até mesmo MEIs, que são os microempreendedores individuais.

Alteração de limite

Apesar disso, saiba que ainda é possível efetuar a alteração do limite de seu PIX. Disso, o valor subiria sim dos R$ 1.000,00, para este período noturno. Agora para o quanto o mesmo subiria, não é possível dizer. Até porque, dependerá muito do perfil financeiro de cada cliente, e quanto os mesmos têm em suas contas, ou até mesmo de movimentações mensais.

Mas, saiba que seu banco tem um prazo mínimo de 24 horas, e máximo de 48 horas, para poder efetuar a mudança. Isso também é uma medida preventiva para garantir que a ação não está sendo realizada por nenhum criminoso.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui