sexta-feira, junho 18, 2021

Prova de Vida do INSS: passa a ser obrigatória; confira o calendário

A prova de vida do INSS é uma movimentação obrigatória, exigida pelo Instituto Nacional do Seguro Social. Por meio do mesmo, os beneficiários da entidade do Governo Federal podem comprovar que ainda estão vivos e aptos para seguirem recebendo seus benefícios. Por conta da pandemia do Covid-19, muitas pessoas foram afetadas negativamente.

E para evitar aglomerações em massa, o INSS optou por suspender por tempo indeterminado isso. Entretanto, após pouco mais de um ano, a prova voltou a acontecer. Neste artigo, estaremos falando um pouco mais a respeito deste assunto. Principalmente sobre o calendário que deverá ser seguido.

prova de vida do INSS

Calendário da prova de vida do INSS

A entidade do Governo Federal já divulgou o calendário oficial da prova de vida do INSS. Abaixo, separamos todas as datas, seguindo pelo mês no qual a movimentação venceu, em 2020. Siga:

  1. Primeiramente, para os que tiveram o exercício vencido em março e abril de 2020, terá que fazer a comprovação em junho de 2021
  2. Posteriormente, para os vencidos em maio e junho de 2020, a comprovação terá que ser feita em julho deste ano
  3. Para vencimentos em julho e agosto de 2020, a comprovação precisa ser feita em agosto de 2021
  4. Para os que tiveram o exercício vencido em setembro e outubro de 2020, a comprovação terá que ser feita em setembro deste ano
  5. Se teve a prova de vida do INSS vencida em novembro e dezembro de 2020, a comprovação terá que ser feita em outubro de 2021
  6. Os que tiveram o exercício vencido em janeiro e fevereiro de 2021, a comprovação precisará ser feita em novembro deste ano
  7. Para os que tiveram o exercício vencido em março e abril deste ano, a comprovação precisará ser feita, obrigatoriamente, em dezembro de 2021

Prova de vida do INSS digital

Por conta da prova de vida do INSS ter sido adiada pelo Covid-19, a comprovação passou a não mais ser obrigatória neste período. Entretanto, ainda era possível fazer a comprovação de maneira digital. Para tal, poderia fazer isso por meio do aplicativo Meu INSS, ou então, até mesmo pelo site deles.

Para tal, teria que confirmar alguns dados pessoais seus, e documentos também. Sem falar que também é necessário que tire e publique uma selfie sua, para comprovar que de fato é você quem está ali. Caso contrário, correria riscos de ter suas informações fraudadas e até mesmo utilizadas por outras pessoas.

O que acontece com quem não comprovar?

A partir deste mês de junho a prova de vida do INSS volta a ser obrigatória para todos os beneficiários da entidade. Entretanto, caso algum destes não efetue a comprovação de vida, sofrerá uma grave punição por parte do governo. Na maioria dos casos, o Governo Federal opta por efetuar a suspensão e cancelamento do benefício.

E disso, claro, a alternativa de contestar, porém, é bastante complicado. E se não conseguir, ainda poderá voltar a receber, desde que, claro, efetue uma nova solicitação e uma nova inscrição. Lembrando que terá que refazer todos os procedimentos que fez na primeira vez.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui