sábado, julho 31, 2021

Prova de Vida do INSS suspensa: entidade adia retorno de comprovação

Por conta da pandemia do Covid-19, tivemos a prova de vida do INSS suspensa em 2020. Ou seja, idosos, aposentados e pensionistas puderam se livrar da comprovação de estar vivo. Isso para evitar aglomerações e possíveis contágios com pessoas que são consideradas grupos de risco. A previsão era que isso retornasse agora nestes meses de fevereiro e março.

Entretanto, novamente, o prazo foi suspenso e prorrogado, de maneira definitiva, para maio. Pensando assim, separamos neste artigo algumas informações sobre isso. Desde sobre o que é esta comprovação, e como a mesma funciona para os beneficiários da entidade.

Como será feita a nova prova de vida do INSS

Foram interrompidos todos os bloqueios de pagamentos para quem não havia feito sua prova de vida do INSS. Na verdade, só em 2020, mais de 5.3 milhões de beneficiários não fizeram a comprovação. A interrupção do benefício seria feita nos meses de março e abril. Entretanto, por conta da pandemia do Covid-19 ainda permanecer ativa, a entidade prorrogou este prazo.

E ao que parece, esta deve ser a última vez. Agora, os beneficiários, que são estes aposentados e pensionistas, terão até maio para fazer sua comprovação de vida. Caso não o façam, aí sim terão seus benefícios suspensos e bloqueados de pagamento. Portanto, atentem-se aos prazos.

Leia mais: BPC-LOAS: Quem recebe benefício pode se aposentar?

Para que serve a prova de vida do INSS

A prova de vida do INSS é essencial para a entidade do Governo Federal por um único motivo: para o de evitar fraudes nos sistemas deles e também pagamentos indevidos. Como assim? É muito simples. A comprovação é feita para que os aposentados e pensionistas possam garantir que estão vivos, e ainda aptos a receberem seus benefícios.

Caso contrário, parentes, responsáveis legais e até outros terceiros poderiam acabar recebendo as quantias pendentes, de maneira indevida. Já pensou você ter um parente, por exemplo, que faleceu há 5 anos, mas que continuam recebendo seu benefício por todo este período? O cenário de fraude é exatamente este.

Continue lendo: Feirão da Caixa de 2021 deverá ser realizado pela internet; Veja como participar

Como fazer a sua comprovação?

Caso se enquadre no cenário e precise fazer sua prova de vida do INSS, é bastante simples. Para manter sua manutenção do pagamento do benefício, você terá que fazer uma única ação. Esta é comparecer à instituição bancária, na qual realiza o saque do benefício. Disso, basta conversar com o gerente e explicar a ele a situação.

Pois, assim, o mesmo poderá contatar a entidade para comprovar que você está vivo e apto a seguir recebendo o benefício. Somente isso. Em caso de pessoas inválidas ou com doenças, um representante legal, ou voluntário, também poderá comparecer em seu lugar.

Opções de biometria

Em algumas instituições bancárias, já é possível fazer a sua prova de vida do INSS por meio da biometria. Claro que, primeiramente, terá que fazer o registro de sua biometria com um caixa ou até mesmo com um gerente.

Depois disso, basta se dirigir até um caixa eletrônico para fazer a confirmação, anualmente. Aconselhamos que antes verifique com seu banco se a opção da confirmação por este método já está disponível. Nem todas as agências já possuem este serviço.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui