terça-feira, abril 6, 2021

Renda Brasil pode voltar: Governo comenta substituição do Bolsa Família

Meio a pandemia do Covid-19, o Governo Federal estuda diversos modos de criar novos programas sociais para auxiliar financeiramente a população. Disso, a criação do programa Renda Brasil, por parte do ministro da economia, Paulo Guedes, voltou a ser pauta nesta semana. Isso porque, o mesmo visa ser um substituto ao Bolsa Família, assim também como o auxílio emergencial.

Pensando assim, separamos neste artigo algumas informações a respeito deste assunto. Principalmente sobre como o programa funcionaria, quem poderia participar, e quais seriam os valores a serem pagos. Isso sem falar em como se inscrever nos atuais projetos do governo.

Renda Brasil

Propostas iniciais do Renda Brasil

Em um passado recente, o Renda Brasil tem sido proposto pelo atual Governo, desde o início da gestão de Jair Bolsonaro na presidência. Ao todo, o projeto visava englobar 32 milhões de cidadãos brasileiros.

Entretanto, após muitas propostas ruins, o programa social foi deixado de lado por diversos meses. Durante a metade do último ano, por causa da pandemia do Covid-19, o mesmo voltou a ser discutido. Este já teve seu nome alterado para Renda Cidadã, e teve também mais de cinco propostas diferentes de financiamento. Confira também como participar do Casa Verde e Amarela.

Novo auxílio emergencial é outro benefício discutido

Além do Renda Brasil, um outro benefício que vem sendo discutindo constantemente é o novo auxílio emergencial. Este, entretanto, já foi aprovado em duas votações diferentes no Senado. E também, já está sendo aprovado na Câmara dos Deputados. O valor deverá rodar entre R$ 175,00 a R$ 375,00, dependendo da necessidade financeira em cada núcleo familiar.

Sem falar que o período a ser pago será de apenas quatro meses. Começando a partir de março, e indo até junho. Sem nenhuma nova perspectiva de aumento deste prazo. Diferentemente do ano de 2020, cujo o antigo auxílio foi distribuído para a população por nove meses.

Novo Bolsa Família também é proposto

Apesar do Renda Brasil ser um programa proposto para substituir o Bolsa Família, há conversas no Senado sobre a criação de um novo projeto em cima do antigo modelo do bolsa. Este resultaria em um bom aumento nos valores das parcelas que são distribuídos para a população.

Mas, claro, as exigências também aumentariam, principalmente na parte de análise de perfil de cada cidadão. As rendas familiares deverão ser menores, com muito mais restrições. Sem falar que deverá seguir sendo necessário efetuar seu cadastro no CadÚnico, para poder participar.

Mais projetos em análise no Senado

Além do Renda Brasil voltar a ser discutido, o novo auxílio emergencial, e também o Bolsa Família, existem outros programas sociais que também estão sendo propostos no Senado. Mas, muito ainda estão em suas fases inicias, sem valores ou progressões muito bem estabelecidas. Já sabemos, entretanto, que alguns destes são destinados para programas educacionais.

Funcionariam como incentivos financeiros para que os estudantes da rede pública alcançassem boas notas. Sem falar também em bolsas e outras quantias para os com o melhor desempenho em esportes. Por ora, ainda não há uma previsão de quando estes serão aprovados, ou até mesmo repassados a população. É necessário aguardar uma proposta oficial do Governo Federal, para tal.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui