quinta-feira, setembro 23, 2021

Saque do auxílio emergencial liberado para nascidos em outubro

O auxílio emergencial é um dos principais benefícios que é pago no Brasil, desde o último ano. Até porque, o mesmo se tornou extremamente necessário devido a pandemia do Covid-19. Isso porque profissionais foram demitidos de seus empregos, tiveram suas jornadas diminuídas, ou até mesmo foram forçados a fechar seus negócios.

O Governo Federal já havia anunciado que o projeto seria prorrogado até outubro, em sete parcelas totais. Atualmente, estamos no pagamento da quarta parcela, sendo que o calendário é feito com base no aniversário de cada um. Ou seja, varia muito no mês de nascimento de cada beneficiário.

Calendário do auxílio emergencial

Abaixo, separamos o calendário oficial do auxílio emergencial, referente a quarta parcela. Confira:

auxílio emergencial
Saque do auxílio emergencial liberado para nascidos em outubro

  1. Primeiramente, nascidos em janeiro e fevereiro receberam em 2 e 3 de agosto
  2. Posteriormente, quem nasceu em março e abril recebeu em 4 e 5 de agosto
  3. Os nascidos em maio e junho receberam em 9 e 10 de agosto
  4. Quem nasceu em julho e agosto recebeu em 11 e 12 de agosto
  5. Para os nascidos em setembro e outubro, receberão em 13 e 16 de agosto
  6. Já quem nasceu em novembro e dezembro, receberá em 17 e 18 de agosto

Calendário da quinta parcela do auxílio emergencial

A quinta parcela do auxílio emergencial, para quem é beneficiário do Bolsa Família, já está com o calendário divulgado. Confira:

  1. Quem tem o NIS encerrado em 1 e 2 receberá em 18 e 19 de agosto
  2. Disso, os que têm o NIS terminados em 3 e 4, receberão em 20 e 23 de agosto
  3. Além disso, quem tem o NIS encerrado em 5 e 6 receberá em 24 e 25 de agosto
  4. Então, os que têm o NIS terminados em 7 e 8 receberão em 26 e 27 de agosto
  5. E por fim, quem tem o NIS encerrado em 9 e 0 receberá em 30 e 31 de agosto

Valores do auxílio emergencial

Com relação ao valor do auxílio emergencial, saiba que o mesmo mudou de 2020 para este ano. No último ano, os beneficiários recebiam R$ 600,00, algo que não se repetiu para 2021. Até porque, agora, existem três grupos de pagamentos diferentes.

O primeiro deles está na casa dos R$ 150,00, para quem mora sozinho. O segundo, está em R$ 250,00, destinado para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. E por fim, temos a quantia de R$ 375,00, para mulheres chefes de família.

Fim do benefício em breve

Apesar de ter sido prorrogador por mais três meses, o auxílio emergencial já tem data determinada para acabar. O mesmo terá sua última parcela paga em outubro, e será suspenso. Algumas pessoas tinham a expectativa de que fosse prorrogado, novamente, até dezembro. Entretanto, isso não acontecerá.

O presidente da república, Jair Bolsonaro, já falou que pretende instituir o auxílio Brasil assim que o projeto emergencial de agora for encerrado. E este é o principal motivo para o mesmo ser retirado do ar. Sem falar que com as vacinas, cada vez mais pessoas podem retornar ao trabalho.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui