sábado, maio 18, 2024

Vale-refeição e Alimentação sofrem mudanças; confira novidades

No Brasil, cada vez mais pessoas estão preocupadas em arrumarem empregos, até porque, a situação financeira do país não anda das melhores. Meio a uma das maiores crises econômicas recentes, até pela pandemia do Covid-19, muitas dúvidas referentes a benefícios e remunerações surgem. Alguns dos programas mais importantes, para aqueles que assinam carteira, são o vale refeição e também o vale alimentação.

Essas que inclusive estão sofrendo algumas alterações recentes, que tem preocupado muitos trabalhadores, principalmente pela falta de acesso à informação. Mas, nesse artigo, estaremos explicando um pouco mais sobre o assunto, até para tranquilizar a população brasileira.

vale refeição
Vale-refeição e Alimentação sofrem mudanças; confira novidades

Veja também: Previsões para o salário mínimo de 2022

Mudanças no vale refeição e alimentação

Apesar dos anúncios de mudanças no vale refeição e alimentação, não se assuste. Até porque, na verdade, são alterações bastante positivas. Como por exemplo, os trabalhadores envolvidos poderão ter mais opções de flexibilidades no uso dos benefícios. Mas, como assim? É bastante simples. Não existirá mais nenhuma distinção das bandeiras dos cartões de ambos cartões.

Ou seja, disso, o trabalhador pode utilizar a bandeira em qualquer estabelecimento comercial que aceite o sistema. Sendo que, anteriormente, por exemplo, eram necessários ir a locais que aceitassem Sodexo, Alelo, Visa, entre muitas outras bandeiras que poderiam existir.

Continue Acompanhando: Bolsa Científica e auxílio para atletas são criados

Pagamento do vale refeição é obrigatório?

Apesar de ser algo previsto no regulamento das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT), o pagamento de benefícios como o vale refeição e alimentação não são obrigatórios, por parte das empresas. Mas, mesmo assim, boa parte delas efetua o pagamento mesmo assim.

Isso de bom grado, e também para ajudar seus trabalhadores. Sem falar que assim, os mesmos também trabalham mais felizes, amparados por uma boa quantia financeira que entra. Diferentemente do vale transporte, por exemplo, que é obrigatório, até para que as pessoas não tirem o transporte até a empresa, e a volta também, de seus salários.

Veja ainda: Como consultar o número do NIS

Vale refeição começa a ser aceito em mercados

Nos últimos anos, era muito comum ver vale refeição ser aceito apenas em restaurantes, ou em aplicativos de entregas, como Ifood e Uber Eats, por exemplo. E disso, o vale alimentação era aceito somente em supermercados, sem poder comprar bebidas alcoólicas, por exemplo.

Entretanto, por conta da pandemia do Covid-19, e o fechamento de diversos restaurantes, muitos mercados em todo o Brasil passaram a aceitar o refeição como opção de pagamento. E por conta do imenso sucesso que isso gerou, dificilmente devem voltar atrás em tal decisão. E cada vez mais estabelecimentos também devem adotar isso.

Como solicitar o benefício?

Caso você tenha interesse em solicitar o vale refeição, deverá entrar em contato com o RH de sua empresa. Mas, geralmente no momento da contratação do funcionário, a própria companhia já oferece o mesmo ao trabalhador. Mas, se ela adotou tal benefício após a contratação, então, recomendamos que contate os recursos humanos da mesma.

Assim, tudo que precisará fazer é deixar o seu endereço com a empresa, para que enviem o cartão até sua residência. Não se preocupe, pois, nenhuma companhia costuma cobrar taxas ou efetuar descontos em cima do benefício. E isso também é válido para o alimentação.

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui