quinta-feira, outubro 28, 2021

Valor do PIS/PASEP: Saiba o quanto você poderá receber em 2022

O PIS/PASEP é um benefício muito conhecido em todo o Brasil. O mesmo também é chamado de abono salarial, e tem sido de imenso sucesso para os trabalhadores do país. Desde que, claro, estes tenham sido registrados em carteira, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT).

Existem muitas dúvidas a respeito de tal programa social, principalmente após o mesmo ter sido suspenso neste ano. Disso, as principais perguntas são o porquê isso aconteceu, quantas parcelas serão pagas em 2022, e quais os valores. Isso sem falar também nos rumores de que o projeto poderá ser extinto em breve.

PIS/PASEP
Valor do PIS/PASEP: Saiba o quanto você poderá receber em 2022

Por que o PIS/PASEP foi suspenso?

Uma das principais dúvidas dos beneficiários é a do porque o PIS/PASEP foi suspenso para este ano de 2021? Na verdade, tudo aconteceu por conta da pandemia do Covid-19. Até porque, conforme a população foi sendo afetada financeiramente, o Governo Federal se viu na obrigação de tomar uma atitude.

E o que foi feito foi retornar com o Benefício Emergencial (BEm), para amparar todos aqueles que tiveram seus salários modificados, ou até mesmo que foram demitidos de seus cargos, nestes últimos meses. E com isso, o novo projeto está utilizando toda a verba que seria destinada a este.

Como será o pagamento do PIS/PASEP em 2022?

Vale a pena lembrar que o Governo Federal suspendeu o pagamento do PIS/PASEP referente ao ano base de 2020. O mesmo estava previsto para ser pago no segundo semestre deste ano. E agora, a probabilidade de termos duas parcelas pagas em 2022 é bastante grande.

A primeira delas é a que foi adiada neste ano, enquanto que a segunda seria referente ao ano base de 2021, conforme já estava prevista para ser paga, normalmente. Mas, vale a pena dizer que o governo tem o interesse de efetuar os pagamentos logo nos primeiros meses do ano.

Qual o valor do PIS/PASEP?

Com relação ao valor do PIS/PASEP a ser pago, é bastante simples. O benefício é de no máximo R$ 1.100,00, ou seja, a quantia de um salário mínimo. Mas, isso apenas para aqueles que trabalharam durante todos os 12 meses do ano.

Para quem não conseguiu, então, deve se multiplicar o valor de R$ 92,00 pelo número de meses que trabalhou no ano. Disso, poderá ter ciência de quanto receberá em seu pagamento. Para quem não trabalhou em carteira, então, não receberá nenhuma quantia por parte do Governo Federal.

Benefício pode ser extinto

Uma das principais preocupações a respeito do PIS/PASEP é que existem rumores muito negativos a respeito do mesmo. No caso, o Governo Federal pode optar por extinguir o programa social. Tudo para que possam efetuar a reforma do Novo Bolsa Família. Pois, recentemente, o Ministério da Economia já disse que ainda não encontrou fontes de onde tirar o orçamento para a modificação do projeto.

Enquanto que, ao mesmo tempo, o presidente da república, Jair Bolsonaro, segue pressionando a respeito de um retorno. Pois o mesmo quer, a todos os custos, que o benefício seja modificado o quanto antes. Tendo um aumento de R$ 192,00 para R$ 300,00.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui