quinta-feira, setembro 16, 2021

Saque do FGTS: Aprenda a sacar o saldo de contas inativas

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos principais programas sociais do Brasil. O mesmo é destinado exclusivamente para a classe trabalhadora do país. Desde que esta tenha sido registrado em carteira, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT).

Recentemente, o Governo Federal liberou um pequeno prazo para que as pessoas pudessem sacar quantias que estavam paradas na conta. Tal benefício, o saque do FGTS, funciona como uma pequena reserva, sendo que nela, mensalmente a empresa na qual trabalha ou trabalhou deposita uma pequena quantia. E depois de um certo tempo, você pode efetuar o saque deste valor.

Como funciona o saque do FGTS?

No momento em que você se registra em uma empresa, a mesma acaba repassando seus dados para o Governo Federal. E disso, a Caixa Econômica Federal, que é a principal instituição bancária da entidade federal, cria uma conta para que o empregador possa depositar fundos nela.

saque do fgts
Saque do FGTS: Aprenda a sacar o saldo de contas inativas

Vale a pena lembrar que em todos os meses o empregador precisa realizar um depósito correspondente a 8% de seu salário, em tal conta vinculada ao funcionário. E então, o governo libera um período específico no ano para que cada um possa efetuar os saques. Existem até mesmo modalidades diferentes, como por exemplo o saque aniversário do FGTS, que libera uma quantia de até 50% do valor total disponível.

Quem pode fazer o saque do FGTS?

Lembrando que para poder efetuar o saque do FGTS, é necessário cumprir algumas simples especificações. Estas foram listadas pela Caixa Econômica Federal, como por exemplo:

  1. Quem foi demitido sem justa causa ou que teve rescisão por acordo comum entre empregador e empregado
  2. Posteriormente, por fechamento da empresa. Isso para casos de extinção parcial ou até mesmo total do estabelecimento
  3. Rescisão por culpa de ambas as partes, ou até mesmo por força maior. Isso no caso de um incêndio ou enchente, por exemplo
  4. Términos de contrato também contam
  5. Caso trabalhador avulso ou até mesmo empregado por meio de uma entidade fica suspenso por um período igual ou superior a 90 dias
  6. Falecimento do trabalhador, casos de aposentadoria e doenças graves também são inclusas
  7. Situações de emergência ou estado de calamidade pública contam para o saque do FGTS
  8. Empregados que ficam três anos seguidos ou mais sem trabalhar com carteira assinada também
  9. E por fim, para quem está querendo comprar a sua casa própria, liquidar a mesma, amortizar a dívida ou até mesmo fazer o pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional que foram feitas

Caixa administra programas sociais

Vale a pena lembrar que a Caixa Econômica Federal não administra apenas o saque aniversário do FGTS. Na verdade, a entidade também faz todos os pagamentos referentes ao PIS/PASEP, também conhecido por abono salarial. E além destes, outros benefícios como o auxílio emergencial e o Bolsa Família também são pagos por este banco.

Lembrando que os benefícios do INSS variam muito de qual instituição bancária o beneficiário em questão informou no momento de preencher o formulário com todos os seus dados pessoais. Incluindo qual seu método preferido para recebimento.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui