Início Benefícios Auxílio Brasil pode ter reajuste anual com a inflação; confira valores

Auxílio Brasil pode ter reajuste anual com a inflação; confira valores

0
292
auxílio Brasil
Auxílio Brasil pode ter reajuste anual com a inflação; confira valores

O auxílio Brasil é um dos benefícios que mais estão ganhando popularidade nas últimas semanas. Isso porque o mesmo chegou oficialmente para reformar o modelo atual do Bolsa Família. E isso foi algo promovido diretamente pelo presidente da república, Jair Bolsonaro.

Então, agora, muitas melhorias estão sendo efetuadas, não apenas no valor pago pelo projeto, mas também como a criação de programas de incentivo, e até mesmo uma maior facilidade em se registrar para o programa social. Agora, existe até mesmo um grande rumor de que o benefício deverá ter reajustes anuais junto com a inflação do país.

Qual será o valor do auxílio Brasil?

Originalmente, o Bolsa Família pagava uma quantia de R$ 189,00 por pessoa, para cada beneficiário. Entretanto, o presidente da república, Jair Bolsonaro, efetivou um aumento significativo, com valor do auxílio Brasil na casa dos R$ 400,00. Entretanto, já para a primeira parcela, tal quantia não foi respeitada no pagamento. E disso, saíram disparos de R$ 217,00, devido a limitações na folha orçamentária da União. Entretanto, em um período mais recente, os parlamentares avaliam aplicar atualizações anuais com base na inflação do país. E disso, seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), a mesma está na casa dos 10,04%.

auxílio Brasil
Auxílio Brasil pode ter reajuste anual com a inflação; confira valores

Ou seja, se tal premissa fosse de fato mantida, por exemplo, teríamos um aumento de apenas R$ 21,74 reais, para o ano de 2022. Mas, se for mantida a quantia de R$ 400,00, para dezembro em diante, então, o aumento seria de mais de R$ 40,00. E assim sucessivamente, porque para o ano de 2023, a expectativa é de que a inflação esteja na mesma casa, ou então, que possa ser até maior. E disso, nos aproximaríamos ainda mais da casa dos R$ 500,00, para determinado ano. Resta saber se tal decisão será aprovada, de fato, ou não.

Programas de incentivo são criados

Apesar da notícia sobre a inflação, o governo ainda pagará programas de incentivo no auxílio Brasil, mesmo com a primeira parcela baixa. Confira abaixo os valores que foram listados pela entidade:

  1. Primeiramente, o benefício primeira infância (R$ 130,00), que foi criado para quem tem crianças de até 3 anos em sua casa
  2. Posteriormente, o benefício composição familiar (R$ 65,00), para núcleos familiares que tenham gestantes, ou pessoas de 3 até 17 anos
  3. Disso, o benefício de superação da extrema pobreza (R$ 100,00) também foi feito
  4. Auxílio esporte escolar (R$ 1.000,00), para alunos da rede pública que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros, como um incentivo a prática de esportes e exercícios físicos
  5. Uma bolsa de iniciação científica júnior (R$ 1.000,00), para incentivar a competição acadêmica na rede pública, promovendo o maior saber entre os alunos
  6. Auxílio criança cidadão (R$ 300,00), para quem tem filhos de até quatro anos, e que consigam fonte de renda por meio de trabalho em carteira assinada
  7. Disso, dentro do auxílio Brasil, ainda temos a criação do auxílio inclusão produtiva rural (R$ 200,00), para quem tenha agricultores em seu núcleo familiar
  8. Auxílio inclusão produtiva urbana (R$ 200,00), para os que conseguirem comprovar um vínculo empregatício com carteira assinada
  9. E por fim, o benefício compensatório de transição. Esse é somente para quem teve perdas na migração do Bolsa Família, para o atual modelo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui