quarta-feira, agosto 4, 2021

Prorrogação do Auxílio Emergencial: Qual deve ser o valor

O auxílio emergencial é um dos principais programas sociais criados no Brasil, desde 2020. O mesmo foi feito meio a pandemia do Covid-19, até porque, boa parte da população precisava de um amparo financeiro. Isso porque, empresas começaram a demitir funcionários ou reduzir salários, enquanto outras tiveram que fechar seus negócios.

E já que a pandemia segue extremamente preocupante em todo o país, a prorrogação do auxílio emergencial não é mais um rumor. Agora, cada vez mais membros do Governo Federal falam sobre a situação. E neste artigo, estaremos falando um pouco mais a respeito deste assunto.

Prorrogação do Auxílio Emergencial

Prorrogação do auxílio emergencial: período

Com relação a prorrogação do auxílio emergencial, inicialmente, a proposta era de que o benefício fosse mantido até dezembro. Originalmente, o Governo Federal liberou o pagamento para apenas quatro parcelas. Começando por abril, deveria ser pago por mais os meses de maio, junho e julho.

Entretanto, alguns atrasos já fizeram a última parcela cair para agosto. A previsão agora é de que o programa social seja prorrogado por mais um mês, pelo menos, até setembro. Entretanto, isso ainda é algo que está sendo discutido internamente. Tudo vai depender muito de quanto há nos cofres públicos, e de como estará a pandemia até lá.

Prorrogação do auxílio emergencial: mudanças no valor

Juntamente com a prorrogação do auxílio emergencial, uma mudança no valor do benefício também está sendo estudada. Em 2020, os beneficiários recebiam uma quantia de R$ 600,00, por mês. Entretanto, para 2021, devido aos enormes gastos que geraram nos cofres públicos, o valor caiu. Agora, os pagamentos são divididos em três grupos. O primeiro deles é de R$ 150,00, para quem mora sozinho. O segundo está na casa dos R$ 250,00, para quem tem pelo menos um dependente em seu núcleo familiar. E por fim, há o pagamento de R$ 375,00.

Este é destinado somente para mulheres que são consideradas chefes de família. Entretanto, com a prorrogação do auxílio emergencial, existem rumores de que o valor a ser pago para a população aumente. No caso, o número subiria para R$ 500,00. Entretanto, isso ainda não está definido pelo Governo Federal. A quantia ainda está em discussão, e a princípio, será mantido o valor atual que já está sendo repassado ao povo. Isso porque a possibilidade de haver uma reforma no Bolsa Família é muito sólida. E assim, será necessário avaliar bem as quantias disponíveis nos cofres públicos.

Novos benefícios estão sendo criados

Além da prorrogação do auxílio emergencial, existem outros benefícios que estão sendo estudados pelo Governo Federal. Conforme mencionamos anteriormente, o Bolsa Família tem a promessa de ter o seu valor ampliado, para os beneficiários. No caso, hoje, o governo paga R$ 192,00 para quem está inscrito.

E a promessa é de que a quantia suba para R$ 250,00. Além disso, a antecipação do 13º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não só já foi aprovada, mas como também já está sendo paga. O PRONAMPE, totalmente voltado para empréstimos para as empresas, também foi aprovado para retornar, duas semanas atrás. Então, cada vez mais amparo está sendo criado para os brasileiros.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui