terça-feira, maio 17, 2022

Tabela INSS 2022: Calendário de Pagamento e Tabela de Contribuição

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma das principais entidades do Governo Federal. A mesma é responsável por coletar todas as contribuições que são feitas à previdência social. Seja por meio de uma contribuição voluntariada, para trabalhadores autônomos, ou até mesmo descontos em folhos salariais.

Isso para quem é registrado em carteira, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT). Nessa semana, a empresa divulgou um calendário de pagamentos do INSS e alíquotas de contribuição, para quem for contribuir. Abaixo, nesse artigo, estaremos informando alguns dados muito importantes a respeito desse assunto, com até mesmo instruções para os interessados.

inss
Tabela INSS 2022: Calendário de Pagamento e Tabela de Contribuição

Benefícios pago pelo INSS em 2022

 

Abaixo, poderá encontrar a tabela INSS 2022, referente aos benefícios que serão pagos pela entidade do Governo Federal. Confira os dados:

  1. Primeiramente, a aposentadoria especial da entidade
  2. Posteriormente, o abono anual, ou até mesmo o décimo terceiro salário. Disso, temos também a aposentadoria por idade
  3. Então, temos o auxílio doença, e até mesmo a aposentadoria por tempo de contribuição que foi atingida. A aposentadoria por invalidez também é listada
  4. Disso, temos o auxílio reclusão, o benefício assistencial ao idoso e ao deficiente (LOAS). O auxílio acidente também está coberto
  5. Disso, a pensão INSS por morte, a reabilitação profissional, o salário maternidade e o salário família

Tabela de alíquotas do INSS

A tabela de alíquotas de contribuição do INSS também já foi divulgada pela entidade oficial do Governo Federal. Como por exemplo:

  1. Primeiramente, quem recebe até um salário mínimo terá que pagar 7,5% de taxa. Acima desse mesmo salário mínimo, até R$ 2.089,60, a alíquota sobe para 9%
  2. Posteriormente, para quem recebe de R$ 2.089,61 até R$ 3.134,40, a alíquota sobe para 12%. Desse valor, até os R$ 6.101,06, a taxa sobe para a casa dos 14%
  3. Disso, dos R$ 6.101,07 a R$ 10.448,00, são cobrados 14,5%. Desse valor até R$ 20.896,00, a alíquota fica em 16,5%
  4. E por fim, de R$ 20.896,01 até R$ 40.747,20, o valor é de 19%. Acima disso sobe para 22%

Consultas

Vale a pena saber também que o INSS disponibiliza diversos canais oficiais para que você possa efetuar os mais tipos de consultas diferentes ao INSS. Como por exemplo, por meio do Meu INSS. Esse está disponível tanto em navegadores, para computadores, como aplicativos para aparelho celular. E o melhor, tanto em Androids, quanto para iPhones. Disso, há também a central de atendimento, de fácil acesso, no número 135. A ligação que você for efetuar é inteiramente gratuita.

Muitas pessoas acabam entrando em contato com a entidade por terem dúvidas com relação as suas contribuições. Até porque, na atualidade, existem cinco tipos diferentes de contribuições que podem ser feitas pelos brasileiros. A primeira delas é pelo empregado formal, pelo desconto em folha salarial. O segundo é parecido, mas, destinado exclusivamente para empregados domésticos. Trabalhadores avulsos e autônomos devem efetuar a contribuição independente por meio da GRU. O mesmo caso se aplica ao contribuinte individual. E por fim, temos o segurado especial, que é oferecido algumas condições exclusivas pela entidade.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui