quinta-feira, outubro 28, 2021

Auxílio emergencial poderá durar mais que quatro meses

Prestes a ser aprovado na Câmara dos Deputados, a novela do auxílio emergencial ganhou mais um capítulo. Isso porque, segundo quatro fontes de dentro da câmara, o benefício distribuído pelo Governo Federal poderá ser pago por mais tempo do que a proposta original oferece. Isso porque, segue uma extensa discussão que talvez apenas os quatro meses propostos não sejam suficientes para a população.

Isso porque, a pandemia do Covid-19 tem se agravado cada vez mais no Brasil. Pensando assim, separamos neste artigo algumas informações importantes a respeito deste assunto. Desde valores, a proposta atual, o que foi pago ano passado, e muito mais.

auxílio emergencial

A proposta atual do auxílio emergencial

Para este ano de 2021, o novo auxílio emergencial vem sendo discutido já há bons meses. E enfim, chegaram ao consenso de que o valor a ser pago no benefício será de um valor médio de R$ 250,00. Com o mínimo sendo de R$ 175,00, e o máximo podendo ser de até R$ 375,00. Isso claro, variando muito do perfil financeiro de cada beneficiário, e suas respectivas necessidades.

Entretanto, o período estipulado para o pagamento deste programa social foi acordado bem rápido. Foi decidido que o novo auxílio seria repassado a população brasileira por apenas quatro meses, começando a partir de março. Isso para pouco mais de 32 milhões de pessoas. Entretanto, estes números podem mudar a qualquer momento.

Como foi o auxílio emergencial em 2020

Em compensação, no ano de 2020, o pagamento do auxílio emergencial foi completamente diferente. Até porque, o auxílio emergencial foi pago à população por aproximadamente nove meses. Sem falar que os valores também eram completamente maiores: R$ 600,00 por pessoa.

Isso sem citar os casos de mães chefes de família, que recebiam o dobro desta quantia, ou seja, R$ 1.200,00. Mas, claro, devido a estes números considerados altos, os cofres públicos sofreram rombos gigantescos. E a manutenção deste benefício, com os mesmos valores, se tornaram inviável.

Quando o auxílio emergencial começará a ser pago?

Ainda não sabemos quando o novo auxílio emergencial começará a ser pago para a população. Nas últimas duas semanas, o programa foi a votação no Senado em duas ocasiões. E em ambas, foi aprovado, e finalmente repassado para julgamento na Câmara dos Deputados.

Disso, deveria ser votado novamente, para enfim ser aprovado. Entretanto, discussões novas sobre valores e períodos a ser pago, travaram o processo. A expectativa é que haja uma solução a respeito já na próxima semana. E disso, é bem possível que os valores comecem a ser repassado de maneira imediata.

Quem poderá receber o benefício?

Diferentemente de 2020, quando o auxílio emergencial foi repassado para mais de 64 milhões de brasileiros, isso não deverá acontecer em 2021. Até porque, o Governo Federal não conseguirá arcar com todo este vasto número, financeiramente falando, novamente. Na verdade, a expectativa é de que o pagamento seja feito para apenas 32 milhões de brasileiros, podendo chegar no máximo aos 40.

Sem falar que, pessoas que já participam de programas sociais do Governo Federal, também não poderão participar do mesmo. Ao que parece, a única exceção que será aberta será para beneficiários do Bolsa Família.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui