Início INSS Empréstimo INSS muda forma de cálculo dos juros a partir de 2022

Empréstimo INSS muda forma de cálculo dos juros a partir de 2022

0
254
empréstimos inss
Empréstimos INSS mudam forma de cálculo dos juros a partir de 2022

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma das maiores empresas relacionadas ao Governo Federal. Isso porque, ela efetua o disparo de diversos programas sociais para os brasileiros, diariamente. Entretanto, esses não são de livre acesso para a população. Na verdade, para que possa receber alguma quantia do governo, é necessário, nesses casos, que seja um contribuinte da previdência social.

E disso, podem ser contribuições por desconto em folha salarial, para quem é registrado em carteira sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT). Ou então, até mesmo depósitos voluntariados, de autônomos. E aí, a entidade transforma todos esses depósitos em programas sociais, como o empréstimo INSS.

empréstimo inss
Empréstimos INSS mudam forma de cálculo dos juros a partir de 2022

Empréstimo INSS oferece serviço inédito

Já que mencionamos benefícios por parte da entidade, um dos mais recentes, e que tem ganhado muita popularidade entre os contribuintes é o empréstimo INSS. Esse oferece quantias financeiras aos beneficiários, que por sua vez, utilizam os valores que ganham em seus benefícios como garantia de pagamento. Mas claro, saiba que existe um número máximo da renda de cada um que pode ser comprometido, para poder receber um dinheiro com antecedência. Isso diminui a necessidade de beneficiários terem que ir até bancos, por exemplo, para que possam tentar um crédito.

E vale a pena destacar que o Governo Federal anunciou uma série de alterações nos juros do empréstimo INSS. Esse, por sinal, também é conhecido como empréstimo consignado, caso veja esse termo em algum outro local. Nessa última segunda-feira (6 de dezembro), foram acatadas a determinação depois de um pedido direto dos bancos. Esses que, meio a mudança para 2022, poderão cobrar taxas de juros de no máximo 2,14% ao mês. Desse modo, é também uma boa alternativa de proteger os contribuintes do governo que possam vir a sofrer com juros abusivos e outros acréscimos muito acima da média.

Empréstimo INSS sofre pequeno aumento

Apesar de ainda ser uma taxa de juros relativamente pequena, para o empréstimo INSS, saiba que a mesma costumava ser ainda mais baixa do que é hoje. Durante os primeiros meses da pandemia do Covid-19, ainda no ano passado, a mesma estava na casa dos 1,8%, apenas.

Entretanto, por conta da forte crise financeira que foi gerada pelo vírus tais números tiveram que sofrer um pequeno acréscimo de 0,34%, até o momento. A iniciativa não é oferecida pela entidade do Governo Federal, mas sim pelos bancos de sua preferência. Eles apenas utilizam a empresa do governo como uma segurança.

Motivo do acréscimo

Apesar do acréscimo ter sido pequeno, sobre o empréstimo INSS, a entidade ainda fez questão de explicar o porquê. Isso por meio do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS), que explicou que o reajuste foi feito simplesmente por conta de um movimento de alta da taxa básica dos juros da Selic.

Sem falar também no nível de inflação do país, que já ultrapassou a casa dos 10%, e que é medido diariamente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Agora, é esperar que as mudanças sejam efetuadas de fato para janeiro do próximo ano, que é quando oficialmente deverão ser aplicadas todas as mudanças previstas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui