quinta-feira, setembro 16, 2021

Seguro desemprego 2022: Como fica valor após anúncio do salário mínimo

O seguro desemprego 2022 é um dos principais programas sociais que é pago no Brasil, anualmente. O mesmo é destinado exclusivamente para a classe trabalhadora no país. Desde que, claro, tenham sido registrados em carteira, sob regime das Consolidações das Leis do Trabalho (CLT).

E claro, é necessário também que cumpram as regras do Seguro Desemprego com relação ao modo que foram dispensados de suas respectivas funções. Além de também o tempo no qual trabalharam na mesma, e se já solicitaram o benefício alguma outra vez. Todos estes assuntos serão tratados aqui neste artigo, nos parágrafos abaixo. Não deixe de conferir.

Como funciona o seguro desemprego 2022

Vale a pena destacar que o seguro desemprego 2022 sempre tem um valor mínimo a ser seguido, e um máximo também. O mínimo, considerado o piso, é sempre o de um salário mínimo. E com os anúncios feitos pelo Governo Federal, a remuneração base do país para o próximo ano deverá ser de R$ 1.169,00, resultando em um aumento de R$ 69,00 com relação ao que é pago neste ano de 2020. Já o teto, por sua vez, também possui um limite. Mas, antes de chegar nele, temos alguns grupos diferentes de valores que fazem parte do projeto.

seguro desemprego 2022

Lembrando que este valor mínimo do seguro desemprego 2022 ainda pode ser modificado até dezembro. Até porque, o salário mínimo ainda pode também sofrer alterações. Tudo por conta da inflação do país, que tem aumentado a cada mês. E mesmo que não siga exatamente a inflação, até porque não seguirá, ainda deve acompanhar os números, mesmo que minimamente. A expectativa é de que tenhamos uma definição a respeito dos valores e das quantias ainda nas próximas semanas. A ideia seria fechar isso até novembro, mas, a pandemia do Covid-19 segue afetando e muito os cofres públicos do país.

Mais números sobre o seguro desemprego 2022

Além de quanto o benefício do seguro desemprego 2022 deverá pagar para os envolvidos, o Governo Federal também falou mais alguns dados a respeito do projeto. Como por exemplo, a demanda de orçamento que foi necessária para poder desenhar o mesmo para o ano que vem.

Ao todo, a expectativa é de cerca de R$ 41,7 bilhões, retirados dos cofres públicos. E o Executivo do país ainda afirma que aproximadamente 8,2 milhões de trabalhadores brasileiros terão direito a este projeto. E melhor do que isso, tal número representa uma margem de 440 mil pessoas a mais do que haviam previsto anteriormente.

Mais programas sociais

Este é um dos principais programas sociais que estão sendo desenhados no Brasil. Além deste, há também o Bolsa Família, que está próximo de passar por uma grande reforma. Disso, passará a ser chamado de Auxílio Brasil, e terá um aumento significativo no valor da parcela que é paga.

Disso, temos também o auxílio emergencial, e o benefício emergencial. Sem falar da antecipação o 13º salário do INSS, que já foi pago pela entidade do Governo Federal. Lembrando que há também projetos destinados para a empresa. Como o PRONAMPE, que gera linhas de crédito, e o Programa Brasil Mais.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui