domingo, janeiro 23, 2022

Vale Gás inicia pagamentos em dezembro; saiba como funciona

O Vale Gás é um dos mais novos programas sociais que deverá ser pago pelo Governo Federal. Isso a partir desse mês de dezembro, segundo nova lei sancionada pelo presidente da república, Jair Bolsonaro. Nas últimas semanas, houveram muitos julgamentos nas duas casas do Congresso Nacional.

Essas são o Senado Federal e a Câmara dos Deputados. Até para que pudessem aprovar o projeto de lei, e levar a PL até o comandante supremo do país. Dessa maneira, meio a pandemia do Covid-19, a população brasileira pode receber mais um bom amparo financeiro vindo da entidade federal. Principalmente após os aumentos abusivos recentes.

Vale Gás inicia pagamentos em dezembro; saiba como funciona

Vale Gás supre aumentos no gás de cozinha

O principal motivo do Vale Gás ter sido criado foi justamente para combater os diversos aumentos no gás de cozinha. Esses que foram promovidos, algumas vezes, pelo próprio Governo Federal durante esse ano. Lembrando que no começo de 2021 o mesmo custava cerca de R$ 80,00.

Agora, já está em um preço médio de R$ 102,00, sendo que dependendo da região, poderá encontrar os botijões em preços de até R$ 130,00. E disso, com a população não conseguindo arcar com os custos e novos valores, a necessidade da criação do programa social aumentou exponencialmente.

Vale Gás já começa a ser pago

Após o projeto de lei ter sido sancionado por Jair Bolsonaro nos últimos dias, o Vale Gás já tem previsão para começar a ser pago. O mesmo deverá ser liberado ainda nessa semana, para os beneficiários inscritos. E disso, pagará a princípio uma quantia de R$ 52,00 para os que foram aprovados.

O Ministério da Cidadania também informa que deverá utilizar cerca de R$ 300 milhões, vindo de recursos próprios, para conseguir custear a sustentabilidade do projeto. O mesmo tem como principal objetivo minimizar os impactos das altas no botijão de gás de apenas 13 kg.

Valor do Vale Gás deve subir mais

A proposta original do Vale Gás é que o mesmo ajude a população a pagar pelo menos metade do valor do botijão de gás de 13 kg. Isso, claro, em um período de dois em dois meses. Considerando que o mesmo dure esse período para cada família brasileira. Entretanto, já existem projeções de que o item venha a sofrer uma nova alta em seus catálogos. Até o momento, a estimativa é de que o GLP, ou seja, o gás de cozinha tenha um valor médio de R$ 112,48, para o ano de 2022. O que significa que respeitando tal quantia, o programa social também tem tudo para subir os seus valores, aos beneficiários.

Entretanto, isso é válido apenas para algumas regiões do Brasil. Pois, segundo a própria Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o produto já é comercializado por cerca de R$ 135,00. Diante disso, o botijão de gás que boa parte do Brasil compra já está valendo cerca de 10% de um salário mínimo. Sendo que a remuneração base do país hoje está na casa dos R$ 1.100,00. E com isso, a projeção é que estes preços subam ainda mais, podendo ultrapassar a casa dos assustadores R$ 145,00. Disso, o Vale Gás também deveria ter um impacto direto nessas situações. Mas, precisa ser melhor analisado a regionalidade do combustível.

Pedro Henrique
Pedro Henrique Rhormes é formado em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Nove de Julho, e Letras – Tradução e Interpretação, pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Trabalhou como repórter no FOX Sports. Atualmente é editor do E.C. produzindo conteúdo sobre economia e direitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile